Moradores fecham unidade de saúde na Serra após transferência de profissionais

Geral

Moradores fecham unidade de saúde na Serra após transferência de profissionais

Protesto começou no início da manhã desta quarta-feira. Foram transferidas do local a antiga administradora e uma médica ginecologista

Um grupo de moradores do bairro Laranjeiras Velha, na Serra, fecharam a unidade básica de saúde do bairro na manhã desta quarta-feira (25). Eles protestam contra a transferência de duas funcionárias do posto médico. Segundo os manifestantes, depois dessa mudança o atendimento na unidade de saúde ficou prejudicado.

A dona de casa Sônia Cristina Eustáquio Cirilo foi quem trancou o portão do posto médico com corrente e cadeado. "Cheguei aqui 5h30, eu e mais quatro meninas. Trancamos o portão e aí só foi chegando gente. Nenhum funcionário entrou. Nós não deixamos ninguém entrar", afirmou.

Uma das funcionárias transferida é a gerente da unidade. Segundo os manifestantes, ela foi transferida há cerca de um mês, com a promessa de que seria uma mudança provisória, mas até hoje não voltou. 

A outra profissional é a ginecologista que atende as moradoras da região há cerca de 20 anos. A Prefeitura da Serra informou que a médica pediu demissão e que um novo profissional foi contratado em seu lugar. No entanto, as pacientes afirmam que ela não pediu para deixar a unidade.

"Estão falando que ela pediu [demissão], que ela queria ir embora. Mentira! Ela não pediu. Senão ela comunicava, porque ela é uma pessoa clara. Ela não esconde nada. Se ela tem que falar alguma coisa com a gente, ela fala", afirmou Sônia.

Com a transferência da gerente, os moradores do bairro afirmam que a unidade passou a ser administrada, provisoriamente, pela responsável pela unidade de saúde de Jardim Tropical. No entanto, segundo eles, a administradora só fica no posto de Laranjeiras Velha de 7 às 9 horas.

A população do bairro reclama também que muitas vezes faltam medicamentos e que o atendimento deixa a desejar.

Funcionamento

Mesmo depois do fim do protesto, a unidade de saúde de Laranjeiras Velha permaneceu fechada. Por meio de nota, a Prefeitura da Serra informou que o posto volta a funcionar normalmente nesta quinta feira (26) e que uma comissão de moradores foi ouvida na Secretaria de Saúde. 

Já os moradores afirmam que ainda não tiveram todas a respostas que esperavam e que devem ser dadas em uma nova reunião, marcada para esta quinta-feira, com representantes da Secretaria de Saúde.