• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Internautas criam petição contra fusão dos ministérios do Meio Ambiente e Agricultura

  • COMPARTILHE
Geral

Internautas criam petição contra fusão dos ministérios do Meio Ambiente e Agricultura

Pelo menos dois abaixo-assinados foram criados após a confirmação da junção. Um deles já possui quase 600 mil assinaturas.

Iures Wagmaker

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Após a confirmação da fusão dos ministérios do Meio Ambiente com a Agricultura, diversas entidades disponibilizaram, na internet, petições e abaixo-assinados que se posicionam contra a decisão da equipe de governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

A confirmação da fusão foi divulgada nesta terça-feira (30), pelo deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), confirmado como futuro ministro-chefe da Casa Civil e designado pelo presidente eleito coordenar as atividades de transição por parte do novo governo. Segundo o deputado, a nova gestão terá entre 15 e 16 ministérios.

Durante a campanha política, a proposta de unificação das pastas já era ponto de discordância para muitos. Com a confirmação anunciada, as petições públicas na internet passaram a ganhar o apoio de muitos usuários da rede mundial de computadores.

Até a manhã desta quarta-feira (31), menos de 24 horas após a confirmação, um dos abaixo-assinados, publicado no site Petição Pública, já conta com quase 600 mil assinaturas, sendo este número atualizado a todo o momento. O texto da petição cita diversas ações elaboradas pelo ministério do Meio Ambiente, tais como o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm), que promoveu a redução de 84% do desmatamento em 2012 em comparação a 2004 ano de implantação; o plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado), que protege o nosso segundo maior bioma; entre outros.

Por meio de comentários na página da petição, os internautas têm opiniões divergentes sobre a junção dos ministérios. "Eu creio que é possível sim fazer a junção, já que estamos em fase de redução de custos. Acredito que se colocar pessoas bem preparadas e eficientes na execução das obras e de divulgação para conscientização da população e se cada um deixar de buscar somente interesses pessoais e regionais, ou dos próprios departamentos e ministérios, será possível sim", opinou uma delas.

Em resposta ao comentário citado, outro internauta rebateu e exemplificou uma possível consequência da futura unificação. "Essa junção seria similar a, ao invés de ter um departamento de trânsito, o poder de fiscalizar uma infração fosse do próprio motorista. Não funciona porque são interesses opostos. O ministério do Meio Ambiente quer proteger o meio ambiente. Se fosse todo mundo tão consciente como você diz, não precisaríamos lutar pelo desmatamento ilegal que ocorre na Amazônia há anos", sugeriu.

Uma segunda petição, esta publicada no site Change, possui um número menor de assinaturas. Até a manhã desta quarta-feira, cerca de 52 mil internautas aderiram ao abaixo-assinado virtual. Assim como o texto anterior, esta petição justifica o requerimento com dados que afirmam que o Brasil detém o maior patrimônio de biodiversidade do mundo, com 41 mil espécies catalogadas, muito dessa biodiversidade deve ser protegida para o desenvolvimento econômico e científico.