Chuva dá trégua, mas ruas de Cobilândia amanhecem alagadas

Geral

Chuva dá trégua, mas ruas de Cobilândia amanhecem alagadas

A chuva passou, mas ruas do bairro permaneciam alagadas no início desta manhã

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Polyana Martinelli | TV Vitória

Diferente dos últimos dias, a quarta-feira (13) começou com sol e poucas nuvens no céu da Grande Vitória. 

No entanto, mesmo com a trégua, as ruas do bairro Cobilândia, em Vila Velha, permaneciam alagadas no início da manhã, dificultando a vida de pedestres, ciclistas e motoristas que passam pelo local.

A João Francisco Gonçalves, por exemplo, ficou completamente alagada, causando problemas para comerciantes e moradores. 

Um motorista, ao tentar atravessar, acabou tendo dificuldades. No meio do caminho, o automóvel parou de funcionar e ele precisou descer, em meio ao alagamento, para empurrar o carro. 

Denilson Nere é um dos moradores que se arriscam em meio aos alagamentos. Na terça-feira (12), ao tentar passar pela mesma via, ele acabou caindo em um bueiro. 

"Não tem outra opção, tem que tentar. Ontem eu caí em um bueiro aberto, pois não dava para ver. A gente vai se arriscando para saber até onde vai chegar. Infelizmente hoje não tem nem como chegar no meu trabalho, pois estou todo molhado. Vou para casa trocar a roupa, fazer a higienização, tirar essa água suja para evitar as doenças", contou.

Por ser umas das avenidas principais do bairro, pedestres, carros, ônibus e motos acabam dividindo o mesmo espaço e perigo diante a água parada. 

Mesmo com o risco de contrair diversas doenças, por conta da água suja, moradores passam pelo local sem nenhuma proteção, se arriscando para chegar até o local destinado. 

Mães e recém-nascidos são transferidos de maternidade por causa da chuva em Vila Velha

Por conta da chuva, quatro mulheres puérperas e quatro recém-nascidos foram transferidos, de forma preventiva, da Maternidade de Cobilândia para o Hospital Infantil e Maternidade Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha.

A transferência foi realizada na segunda-feira (11). De acordo com a Prefeitura de Vila Velha, Cobilândia é um dos bairros mais afetados na cidade por conta de alagamentos ou pequenos deslizamentos de terra.

Ainda segundo a prefeitura, o PA continua aberto, mas como forma de antecipar uma possível necessidade de retirar as mães e as crianças, a transferência foi feita.

Vila Velha sob alerta de deslizamentos

De acordo com o boletim da Defesa Civil, divulgado nesta terça-feira (13), o município de Vila Velha segue sob risco alto de deslizamentos. Em 24 horas foram registrados 71.81 milímetros de chuva na cidade. 

A cidade está com duas pessoas desalojadas: uma senhora idosa, moradora de Cobilândia, que foi resgatada pela Defesa Civil e está abrigada na residência da filha, e um senhor, morador de Cobi de Cima. 

Leia também: Dia começa com sol, mas previsão é de mais chuva no ES nesta quarta-feira