Chuva no ES: 19 alertas de inundação e deslizamentos são emitidos pela Defesa Civil

Geral

Chuva no ES: 19 alertas de inundação e deslizamentos são emitidos pela Defesa Civil

Ao todo, os alertas compreendem um total de 16 cidades capixabas, incluindo toda a região da Grande Vitória

Foto: Leitor | Whatsapp Folha Vitória
Rua alagada em Vila Bethânia, Viana

A Defesa Civil do Espírito Santo emitiu 19 alertas, entre riscos de inundação e deslizamentos, para 16 cidades capixabas. Além dos municípios de diversas regiões, toda a Grande Vitória está na lista.

Leia também: Cariacica é o município do ES com maior volume de chuva em 24 horas

As cidades de Serra, Cariacica e Vila Velha, estão sob risco alto de deslizamento de terra, além do risco moderado de inundação em diversos pontos. O boletim meteorológico foi divulgado no final da manhã desta terça-feira (12).

Veja a lista completa:

Foto: Defesa Civil

Ainda de acordo com o boletim, 64 cidades do Espírito Santo registraram mais de 30 milímetros de chuva em 24 horas, no período encerrado às 11 horas desta terça-feira. 

O maior acumulado foi em Cariacica, onde choveu 145.38 mm, seguido de Santa Leopoldina (124.29 mm), Piúma (120 mm), Viana (112,4 mm), Vila Velha (105.99 mm) e Aracruz (101.02 mm).

Chuva forte deixa desabrigados e desalojados

A forte chuva que atinge o Espírito Santo desde a noite de sábado (9), ainda provoca muitos estragos em diversas regiões capixabas, já deixando desabrigados e desalojados.

Uma família precisou sair de casa, em Viana, por motivos de segurança. Em nota, a prefeitura informou que a cidade conta com dois adultos e três crianças alojados em situação transitória, mas que devem retornar em algumas horas após correção no telhado da moradia.

Em Vila Velha, no bairro Cobilândia, uma idosa foi resgatada pela Defesa Civil e um outro homem, morador de Cobi de Cima, também precisou deixar a residência, preventivamente. Os dois estão abrigados na casa de familiares.

Foto: Reprodução redes sociais

Em Fundão, segundo a prefeitura, houve um deslocamento de terra na lateral de uma residência no Bairro Direção, em Praia Grande.

Foto: Prefeitura de Fundão

A família foi assistida pela Secretaria de Ação Social e a Defesa Civil esteve no local fazendo levantamento dos riscos na residência, mas não houve necessidade de remoção da família.

Durante a madrugada, a Defesa Civil continuou monitorando o Rio Fundão, mas não houve alagamentos. Foram registradas também quedas de árvores em rodovias que ligam Fundão a Praia Grande e todas as urgências foram atendidas.

Leia também: Chuva causa alagamentos, deslizamentos e quedas de árvores no Espírito Santo