Família recupera triciclo de menino de 7 anos com paralisia furtado no Dia das Crianças

Geral

Família recupera triciclo de menino de 7 anos com paralisia furtado no Dia das Crianças

A mãe de Miguel contou que moradores viram um rapaz com o triciclo em uma praça de Vila Velha e convenceram ele a devolver para a família

Gabriel Barros da Silva Eduardo

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A alegria do pequeno Miguel, registrada na foto acima, mostra o quão especial o triciclo é para ele. O menino de 7 anos tem uma paralisia cerebral e usa o veículo adaptado para facilitar a locomoção.

O garotinho ficou dois dias sem o triciclo após ele ser levado por criminosos da casa da família, no bairro Ilha dos Bentos, em Vila Velha. Nesta quinta-feira (14), os pais do menino receberam a boa notícia de que o veículo havia sido encontrado.

A mãe do Miguel, Aline Leite, contou que o triciclo foi construído pelo pai usando uma bicicleta e o acento da cadeira de rodas infantil do menino. 

"Compramos a bicicleta para eu poder trabalhar, eu vendia doces. Com estou com uma bebê, ficou difícil. Meu marido resolveu aproveitar a bicicleta e montou o triciclo para o Miguel. Ele pegou a parte do acento da cadeira de rodas, que é desmontada, colocou na estrutura", disse. 

O veículo foi levado por criminosos na última terça-feira (12), Dia das Crianças. O crime foi registrado por câmeras de seguranças. 

Nas imagens é possível ver o momento que dois homens chegaram de bicicleta e rondaram o local. Os suspeitos forçaram o portão para tentar entrar. Eles se afastaram e, cerca de 15 minutos depois, voltaram e levaram o triciclo adaptado.

Após o crime, a família ficou desolada. Parte do triciclo adaptado era o acento da cadeira de rodas infantil usada pelo menino. A cadeira tem um custo avaliado em R$ 6 mil e havia sido doada pelo Centro de Reabilitação Física do Governo do Estado. 

A cadeira foi entregue à família há pouco tempo, cerca de dois meses. Sem o acento, o equipamento poderia perder a utilidade. Por sorte, a família conseguiu recuperar o triciclo furtado. 

A mãe do Miguel contou que um rapaz foi reconhecido com o triciclo na tarde desta quarta-feira (13).

"Uns homens do bairro estavam na pracinha e viram o triciclo com um rapaz. Eles reconheceram devido a repercussão que teve. O rapaz falou para eles que havia comprado de outra pessoa. Os meninos explicaram o que aconteceu e o rapaz devolveu", contou.

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Segundo a mãe, o veículo estava sem o acento da cadeira de rodas, que só foi encontrada na manhã desta quinta-feira quando os dois homens entraram em contato com a família e foram até a casa do Miguel levar.

"Ele ficou muito feliz. O triciclo está sujo, ainda tem que dar uma limpeza e regular, acho que tentaram desregular. Mas é um alívio", destacou.

O titular da Divisão Especializada de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio, delegado Gabriel Monteiro, afirmou que após o registro do caso, várias diligências foram feitas para conseguir recuperar o triciclo. 

“Dada a comoção social e a ampla divulgação pela mídia, o caso chamou atenção até mesmo do nosso delegado-geral, que solicitou atenção especial a essa investigação”, relatou.

A Polícia Civil informou que, até o momento, nenhum suspeito foi preso. As investigações vão continuar para identificar os autores do furto. 

A população pode contribuir com informações de forma anônima por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br.