Chuva forte deixa desabrigados e desalojados na Grande Vitória

Geral

Chuva forte deixa desabrigados e desalojados na Grande Vitória

E chuva chegou ao Espírito Santo no último sábado (9), e ficou ainda mais forte na noite de domingo (10), provocando estragos em diversos municípios

Foto: Reprodução/Leitor WhatsApp

A forte chuva que atinge o Espírito Santo desde a noite de sábado (9), ainda não deu trégua e provoca muitos estragos em diversas regiões capixabas, já deixando desabrigados e desalojados. 

De acordo com o último boletim da Defesa Civil, divulgado na manhã desta terça-feira (12), uma família precisou sair de casa, em Viana, por motivos de segurança. 

Em nota, a prefeitura informou que a cidade conta com dois adultos e três crianças alojados em situação transitória, mas que devem retornar em algumas horas após correção no telhado da moradia.

Leia também: Chuva deve continuar em todo o Espírito Santo nesta terça-feira

Em Vila Velha, no bairro Cobilândia, uma idosa foi resgatada pela Defesa Civil e um outro senhor, morador de Cobi de Cima, também precisou deixar a residência, preventivamente. Os dois estão abrigados na casa de familiares. 

Em Fundão, segundo a prefeitura, houve um deslocamento de terra na lateral de uma residência no Bairro Direção, em Praia Grande.

A família foi assistida pela Secretaria de Ação Social e a Defesa Civil esteve no local fazendo levantamento dos riscos na residência, mas não houve necessidade de remoção da família.

Durante a madrugada, a Defesa Civil continuou monitorando o Rio Fundão, mas não houve alagamentos. Foram registradas também quedas de árvores em rodovias que ligam Fundão a Praia Grande e todas as urgências foram atendidas.

Quedas de árvores, muros, alagamentos e deslizamentos

Também foram registrados, segundo a Defesa Civil, quedas de árvores e muros, alagamentos e deslizamentos na Grande Vitória e também no interior do Estado. 

Em Vila Velha, os pontos críticos de alagamento foram registrados nos bairros Cobi de Baixo, Ataíde, Ibes, Cobilândia, Jardim Guaranhuns e Nova América. 

Segundo a Prefeitura de Vila Velha, foram registradas, ao todo, 13 ocorrências, seja por alagamento, risco de deslizamento ou pequenos deslizamentos de terra.

Em Cariacica, foram registrados pontos de alagamento na entrada do bairro Cruzeiro do Sul, no bairro Vila Palestina, Jardim América, Flexal e Vale Esperança, onde houve também a queda de uma árvore. 

Foto: Reprodução | Leitor WhatsApp

Além disso, segundo a Defesa Civil, foram registrados deslizamentos no bairro Oriente, na rua Alfredo Couto Teixeira, e no bairro Alto Lage, na rua Pedro Álvares Cabral, além de rolamento de bloco em Alto Mucuri. Ambos, sem vítimas. 

Na Serra, foi registrado um pequeno deslizamento de terra próximo a uma residência, no bairro Nova Carapina II. Além disso, houve também um deslizamento em um estacionamento, no bairro Laranjeiras Velha. Ambos, sem vítimas. 

Em nota, a Defesa Civil da Serra informou que atendeu, nas últimas 24 horas, nove demandas relacionadas às chuvas. Os casos aconteceram em Laranjeiras Velha, Balneário de Carapebus, Hélio Ferraz, Vila Nova de Colares, Serra Dourada, Nova Carapina II, Nova Almeida, Jardim Carapina e Cidade Continental.

As ocorrências foram sobre desabamentos, vazamento de esgoto, alagamentos e aparecimento de buracos na pista.

Nos municípios de Castelo e Ibiraçu também foram registradas quedas de árvore na rodovia Fued Nemer e na zona rural de Valada Maféi, respectivamente. 

Municípios que registraram maior acumulado de chuva em 24h

- Cariacica -  157 mm

- Santa Leopoldina - 136 mm

Viana - 128 mm

Serra - 122 mm

Aracruz -  115 mm

Piúma -  111 mm

Vila Velha -  102 mm

Ibiraçu -  102 mm

Vitória - 99 mm

Guarapari - 95 mm

João Neiva - 92 mm

Nova Venécia -  90 mm

Boa Esperança -  89 mm

Marechal Floriano - 87 mm

Linhares -  84 mm

Alfredo Chaves -  83 mm

Pinheiros - 83 mm

São Mateus - 82 mm

Anchieta - 81 mm

Irupi - 81 mm

Fundão - 81 mm

Rio Novo do Sul - 76 mm

Santa Maria de Jetibá - 75 mm

Guaçuí -  73 mm

Vila Pavão - 73 mm

Ibitirama - 73 mm

Leia também: Instituto emite novo alerta de chuva forte para todo ES