Pavilhão de Carapina deve ter nova administração até o final do ano que vem

Geral

Pavilhão de Carapina deve ter nova administração até o final do ano que vem

Segundo o secretário Tyago Hoffmann, o edital de concessão passa hoje por análises técnicas e jurídicas e deverá ser lançado no segundo semestre de 2022

Rodrigo Araújo

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação/Setur

O Parque Estadual Agropecuário Floriano Varejão, mais conhecido como Pavilhão de Carapina, na Serra, poderá estar sob nova administração a partir de 2023. Essa é a expectativa do governo do Estado, atual administrador do espaço.

De acordo com o secretário estadual de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico, Tyago Hoffmann, o governo espera lançar o edital de concessão do espaço, localizado na Rodovia do Contorno, no segundo semestre do ano que vem.

Seguindo esse cronograma, a previsão é de que a empresa vencedora do processo assine contrato com o Estado até o final de 2022. 

Segundo o secretário, o edital passa hoje por análises técnicas e jurídicas. "O estudo técnico já foi concluído e o edital está sob análise de órgãos de controle externo. Ele já passou pela Secretaria de Controle e Transparência e agora a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) está fazendo a análise jurídica", detalhou.

"Ainda será preciso fazer a consulta pública. O processo também deverá ser submetido ao Tribunal de Contas do Estado, conforme prevê a lei estadual de concessões. Somente depois disso que o edital pode ser lançado", completou.

Foto: Breno Ribeiro
Segundo Tyago Hoffmann, expectativa do governo é lançar o edital de concessão no segundo semestre do ano que vem

Hoffmann explica que, com o lançamento do edital, o leilão para definir a nova administradora do Pavilhão de Carapina deve acontecer entre 45 e 60 dias depois. Ele será realizado na bolsa de valores de São Paulo. "Já estamos no processo de contratação da B3 para a realização do leilão", disse.

De acordo com o secretário, o projeto prevê que a concessionária realize uma série de obras na estrutura do espaço, cujo investimento deve girar em torno de R$ 20 milhões. Entre elas, estão readequações viárias na entrada do pavilhão, o que é uma exigência da Prefeitura da Serra, e mudanças internas.

Além disso, a nova administradora será obrigada a realizar a manutenção do pavilhão e pagará um royalty para o Estado.

Segundo Hoffmann, até o momento quatro empresas já se manifestaram interessadas em participar da disputa. "Ainda estão na fase de sondagens. Foi a oportunidade delas apresentarem opiniões e sugestões para o projeto, que foi adequado conforme o que o mercado sinalizou. Portanto, acreditamos que vamos conseguir atrair investidores que tenham interesse nessa concessão".

Pavilhão de Carapina não recebe eventos há um ano e meio

O Pavilhão de Carapina é o principal centro de eventos do Espírito Santo. Na sua área de cerca de 109.000m², estão distribuídas, em vários ambientes, pavilhões e estruturas de apoio, além de espaço para estacionamento e áreas arborizadas, com infraestrutura física de instalações para atender a diversos eventos.

O Governo do Estado assumiu a gestão do pavilhão em dezembro de 2018. Com isso, a administração do espaço passou a ser feita pela Secretaria de Estado do Turismo, responsável por alugar o local para a realização de shows, exposições, feiras, festas, entre outros eventos.

No entanto, desde o início da pandemia da covid-19, em março do ano passado, o Pavilhão de Carapina não é utilizado para esse fim, em função das restrições impostas para o controle da disseminação do novo coronavírus.

Como o governo estadual só liberou recentemente a realização de eventos e atualmente eles não podem receber mais que 600 pessoas, ficaria inviável para qualquer empresa, em função do custo, alugar o espaço, acostumado a receber eventos de grande porte e com públicos muito maiores.

Ultimamente, ele vem sendo usado com mais frequência pela Prefeitura da Serra, justamente como local de vacinação contra a covid-19.

Leia também: Governo do ES dá desconto de até 50% para quem realizar eventos no Pavilhão de Carapina