OMS: transmissão do ebola continua intensa em Serra Leoa

Geral

OMS: transmissão do ebola continua intensa em Serra Leoa

Redação Folha Vitória

Freetown, Serra Leoa - A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que a transmissão do vírus do ebola continua "intensa" e ampla em Serra Leoa, embora algumas melhoras possam ser vistas nna Guiné e na Libéria, os outros dois países mais afetados pela doença.

Cerca de 200 novos casos foram confirmados na capital de Serra Leoa na última semana.

Relatório da OMS divulgado na noite de quarta-feira indica que Serra Leoa tem o mais baixo porcentual de pacientes com ebola em isolamento: apenas 13%.

A doença se espalha por meio de contato físico direto com fluidos corporais de pessoas com os sintomas de ebola e com corpos dos que pereceram por causa do vírus, o que torna o isolamento dos infectados muito importante.

A OMS disse que pelo menos 1.250 pessoas, dentre elas sete médicos, morreram em Serra Leoa desde o início do surto, no começo deste ano. Fonte: Associated Press.