Lei de zoneamento eleva altura de prédios da capital paulista

Geral

Lei de zoneamento eleva altura de prédios da capital paulista

Redação Folha Vitória

São Paulo - O limite de altura definido para vias com perfil comercial, localizadas nas chamadas Zonas de Centralidade (ZCs), vai ser ampliado em 15%, ou quatro andares. Na proposta divulgada na quinta-feira, 19, 8% da cidade poderá ganhar prédios de 40 metros, ou 12 andares - ante os 28 metros atuais, ou oito andares. As áreas incluem vias importantes de todas as regiões de São Paulo, como as Ruas Clélia e Guaicurus, na zona oeste, e as Avenidas República do Líbano e Ricardo Jafet, na zona sul.

O objetivo é incentivar o adensamento populacional em locais que já dispõem de infraestrutura urbana. "A ideia é criar eixos secundários na cidade", diz o vereador Paulo Frange (PTB). Os eixos principais são aqueles localizados em vias dotadas de transporte público e que receberam a nomenclatura de ZEUs. Se for aprovada em plenário, a mudança proposta por Frange poderá resultar no aumento de prédios mistos, com residências e comércios na mesma torre. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.