Colatina vai testar produto que promete separar água da lama para garantir abastecimento

Geral

Colatina vai testar produto que promete separar água da lama para garantir abastecimento

O produto é o mesmo utilizado em Governador Valadares, Minas Gerais. A substância consegue separar a lama da água. O abastecimento em Colatina ainda não foi suspenso

Produto para separar lama da água já está em Colatina Foto: Divulgação/Governo

Colatina, um dos municípios que pode ser afetado pela lama que segue pelo Rio Doce, após a tragédia em Marina (MG), no último dia 5 de novembro, irá testar um produto que promete tratar a água.

De acordo com a prefeitura, a substância só será usada após a água contaminada chegar ao município, o que até o início da tarde desta terça-feira (17) não havia acontecido. O produto é o mesmo que foi usado em Governador Valadares, em Minas Gerais e promete separar a lama da água.

De acordo com a Prefeitura de Colatina, assim que a lama chegar o produto será testado no laboratório do Sanear, empresa responsável pelo abastecimento de água no município, e depois analisado em um laboratório para atestar a qualidade da água.

Ainda de acordo com a administração, o produto que tem o nome de Tanfloc, é de origem vegetal, extraído da casca da acácia negra e não altera o pH da água, que poderá ser tratada e distribuída para população. A prefeitura informou que o abastecimento só será interrompido quando a água mais suja atingir a ponte de Itapina, distrito do município.

Em Governador Valadares uma ação parecida foi realizada e a captação de água no Rio Doce foi retomada nesta segunda-feira (16) após a utilização da substância.

Pontos de distribuição de água

Começaram a ser instaladas na manhã desta terça-feira (17), em Colatina, as caixas de armazenamento de água que farão a distribuição complementar para população. Ao todo, 52 pontos espalhados por vários bairros do município vão receber os reservatórios.