Após fortes chuvas, órgão classifica como alta a possibilidade de deslizamentos de terra no ES

Geral

Após fortes chuvas, órgão classifica como alta a possibilidade de deslizamentos de terra no ES

As chuvas que atingem o Espírito Santo foram o motivo do alerta. E as precipitações devem continuar. São esperados mais de 20 milímetros até o dia 18 de novembro, só no Sul do Estado

Mapa mostra o ES com alto risco de deslizamentos e inundações por conta da chuva Foto: Reprodução/Cemaden

Com as chuvas que atingem o Espírito Santo e grande parte da região Sudeste do País, o Cento Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, classificou como "alta", a possibilidade de inundações e deslizamentos em todo o Estado.

O alerta veio após fortes chuvas atingirem o Espírito Santo, desde a última sexta-feira (12). O alerta também se estende para o Rio de Janeiro, litoral-leste de São Paulo e centro-leste de Minas Gerais.

Leia também:
Nova frente fria irá intensificar chuvas no Espírito Santo nos próximos dias
Fundão, Aracruz e Colatina registram os maiores acumulados de chuva
Escadaria desaba por causa da chuva e rua é interditada em Cachoeiro

As chuvas intensas causaram estragos, além de famílias que ficaram desalojadas. Os municípios de Fundão, Aracruz e Colatina foram os que registraram os maiores acumulados de chuva nas últimas 24 horas, de acordo com os pluviômetros do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden). Fundão registrou 101mm, Aracruz 99mm e Colatina 97mm.

Rio Fundão ficou 3m95cm acima do nível normal Foto: Divulgação

Outras quatro cidades também registraram volumes elevados: Governador Lindenberg (88mm), Santa Leopoldina (82mm), Laranja da Terra (74mm) e Linhares (70mm).

Em Vitória, uma estação convencional utilizada pelo Instituto Climatempo contabilizou um total de 75,3 milímetros de chuva entre as 10 horas de sábado (12) e às 10 horas de domingo (13).

Chuva deve continuar

Volumes de chuva muito elevados devem continuar a ser observados no Espírito Santo nos próximos dias, sobretudo por conta da passagem de uma nova frente fria pela região.

Até o dia 18, o Instituto Climatempo espera volumes de chuva iguais ou superiores a 200 mm no Sul capixaba, região Serrana, Grande Vitória e Extremo Norte. Nas outras regiões, o acumulado pode chegar a 150 mm.