Atriz italiana promete sexo para quem votar 'não' em referendo

Geral

Atriz italiana promete sexo para quem votar 'não' em referendo

Paola Saulino afirmou que a promessa vale apenas para homens. A polêmica declaração da modelo tomou conta das redes sociais. Ela deu entrevista para um site italiano

Paola Saulino teria se inspirado em Madonna Foto: Reprodução Facebook

Inspirando-se na cantora Madonna, a atriz italiana Paola Saulino prometeu fazer sexo oral em quem votar 'não' no referendo constitucional de 4 de dezembro, que decidirá sobre a reforma do Senado apresentada pelo primeiro-ministro Matteo Renzi.

A mesma promessa havia sido feita pela rainha do pop, mas para quem votasse em Hillary Clinton para a Presidência dos Estados Unidos.Inicialmente, Saulino disse que ajudaria Madonna a satisfazer os fãs caso a democrata vencesse. Como isso não ocorreu, decidiu fazer uma campanha própria. "Praticarei sexo oral com a devida e acurada maestria, levando meu dever até o fim, sem desperdiçar nem mesmo uma gota de sua essência, olhando-os rigorosamente nos olhos, em quem votar 'não' no referendo", escreveu a atriz, que vive em Hollywood e não tem nenhum trabalho de destaque na carreira. 

Em entrevista a um site italiano, Saulino afirmou que a promessa vale apenas para homens. O curioso é que o premiê Renzi, criticado pela atriz, havia declarado torcida por Hillary, candidata por quem Saulino tinha se comprometido a distribuir sexo oral. O referendo constitucional decidirá sobre a reforma que acaba com o bicameralismo paritário na Itália e transfere competências das Regiões para o Estado. 

O que isso significa?

Que apenas a Câmara dos Deputados continuará com o papel de aprovar leis e votar a confiança ao governo. Já o Senado, apesar de manter seu nome, será transformado em uma espécie de "câmara das autonomias", com funções muito menores que as atuais. 

Com informações do Portal R7!