Autoridades alemãs prendem cinco pessoas acusadas de ligação com Estado Islâmico

Geral

Autoridades alemãs prendem cinco pessoas acusadas de ligação com Estado Islâmico

Redação Folha Vitória

Berlim - Autoridades da Alemanha prenderam cinco homens nesta terça-feira, acusados de ter ligações com o grupo extremista Estado Islâmico. Supostamente eles recrutavam membros e forneciam suporte financeiro e logístico.

O Ministério Público divulgou em comunicado que os homens foram presos, acusados de apoiar organização terrorista. As prisões foram feitas em uma série de operações no estado da Renânia do Norte-Vestfália e na Saxônia Baixa.

"Esta foi uma ação importante para deter o cenário extremista na Alemanha", disse o ministro da Justiça Heiko Maas.

Uma das operações foi na cidade de Hildesheim, que é um local conhecido para muçulmanos ultraconservadores e salafistas.

O escritório da promotoria, que lida com todos os casos de terrorismo, afirmou que não se sabe se os suspeitos tem ligações com Jaber Albakr, que se matou na prisão em outubro, dois dias após ser preso sob suspeita de planejar um ataque no aeroporto de Berlim com explosivos artesanais.

Os cinco homens são suspeitos de recrutar jovens muçulmanos na Alemanha e angariar fundos para enviá-los para a Síria para se juntar ao Estado Islâmico, informou a promotoria. Eles também são acusados de fornecer apoio logístico para as viagens.

Um dos suspeitos, um cidadão iraquiano de 32 anos identificado como Ahmad Abdulaziz, é acusado de ser o líder do grupo. Ele apoia abertamente o Estado Islâmico, participou de diversos eventos extremistas como palestrante e aprovou a viagem dos que almejavam chegar na Síria, de acordo com a promotoria. Fonte: Associated Press.