• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chuva causa deslizamento de terra e bloqueia rodovia no interior do ES

Geral

Chuva causa deslizamento de terra e bloqueia rodovia no interior do ES

De acordo com um aviso do INMET, há risco de tempestade de raios, granizo, vendaval, chuvas intensas nesta sexta-feira (25) em alguns municípios do Espírito Santo

A Defesa Civil também deu orientações em casos de chuvas fortes Foto: Divulgação

Um boletim da Defesa Civil Estadual, divulgado na manhã desta sexta-feira (25), informou sobre um deslizamento de terra que aconteceu na divisa de Nova Venécia e São Gabriel da Palha, no distrito de Barra Seca. De acordo com o órgão, por conta das chuvas, o deslizamento aconteceu e acabou bloqueando parcialmente uma rodovia. 

Ainda de acordo com a Defesa Civil, foi registrado prejuízos em vários municípios capixabas. Segundo o boletim, os maiores acumulados nas ultimas 24h registrados nos pluviômetros foram em Santa Leopoldina (40,4 mm), Domingos Martins (28,55 mm), Cariacica (27,78 mm), Afonso Cláudio (26,78 mm), São Domingos do Norte (26,38 mm), Viana (26,35 mm), Marechal Floriano (25 mm), Santa Maria de Jetibá (24,6 mm), Pancas (22,42 mm) e Governador Lindenberg (20,54 mm). Os demais municípios registraram acumulados inferior a 20 mm.

E o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) informou que nesta sexta-feira, a Zona de Convergência de Umidade (ZCOU) começa a se desconfigurar sobre o Espírito Santo. A nebulosidade varia nos demais horários, mas não há expectativa de chuva. O dia deve ser de sol entre muitas nuvens nas demais áreas do estado, sem chance de chuva.

Mas de acordo com um aviso do Instituto Nacional de Meteorologia do Brasil (INMET), há risco de tempestade de raios, granizo, vendaval, chuvas intensas, a partir desta sexta-feira nos municípios de Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Conceição da Barra, Ecoporanga, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, São Mateus e Vila Pavão.

As orientações da Defesa Civil Estadual são: 

- Em casos de chuvas fortes, o mais importante é proteger a sua vida e de seus familiares. Encaminhe-se imediatamente para um lugar seguro;
- Fique atento a movimentações de terra. Trincas no chão, inclinação de cercas, postes e árvores podem indicar o início de um deslizamento. Abandone imediatamente sua casa e procure um local seguro;
- Se houver muita infiltração na casa e acontecer rachaduras nas paredes ou escutar algum barulho estranho, abandone sua residência;
- Tenha sempre em mãos os telefones da Defesa Civil de seu município;
- Em caso de emergências, ligue para o Corpo de Bombeiros. O telefone é o 193;
- Evite as áreas alagadas. Terrenos acidentados, buracos e bueiros abertos, assim como fiação elétrica exposta, podem causar acidentes graves;
- Ao término da enchente, busque orientação da Defesa Civil sobre o retorno para sua residência. É necessário limpar os locais atingidos por água e lama;
- Se a sua residência foi destruída durante a enchente, não retorne a construir no mesmo lugar, porque cedo ou tarde ocorrerá um novo desastre. 

Veja os contatos da Defesa Civil de cada município!