Forte ventania derruba árvores, causa estragos e deixa famílias desalojadas no ES

Geral

Forte ventania derruba árvores, causa estragos e deixa famílias desalojadas no ES

A previsão, de acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), é de que a chuva se intensifique no fim de semana

Em Guriri as ruas ficaram alagadas Foto: Divulgação

Uma forte ventania causou estragos na noite da última sexta-feira (18), na Grande Vitória. A Defesa Civil Estadual, órgão que pertence ao Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo, registrou os prejuízos em municípios capixabas.

Em Vitória, quedas de árvores foram registradas nos bairros Santo Antônio, Praia de Camburi, Centro e no Aeroporto, assim como alagamentos. No bairro Itapuã, em Vila Velha, e em Cariacica também houve queda de árvore devido à forte ventania. 

Em Pancas choveu a noite toda Foto: Reprodução/ WhatsApp Folha Vitória

No município de Pancas, além de vários alagamentos e queda de barreiras, a Defesa Civil registrou sete famílias desalojadas. Em João Neiva, houve queda de árvores, murros e sete famílias ficaram desabrigadas. 

Já no município de Fundão, além da queda de árvores, uma casa foi destelhada e uma família ficou desalojada. Em Baixo Guandu teve queda de árvores, de murro, alagamentos e três famílias tiveram que deixar suas casas. Em Iconha, Ecoporanga e Castelo também teve queda de árvores, alagamentos, queda de barreira.

A Defesa Civil informou que da tarde de sexta-feira (18) para este sábado (19), a chuva deve se intensificar, provocando acumulados significativos em trechos do Espírito Santo, acompanhada de rajadas de vento e trovoadas. Não se descarta uma eventual queda de granizo (exceto nas cidades da Grande Vitória, litoral sul e litoral norte). O tempo abre rapidamente, mas o vento permanece forte no litoral e há risco de ressaca e moderado nas áreas afastadas do mar.

O CEMADEN enviou alerta falando sobre o risco de movimento de massa, que também é denominado como deslizamento, escorregamento, ruptura de talude, queda de barreiras, entre outros, para os municípios de Viana, Cariacica, Fundão, Santa Leopoldina, Aracruz, Governador Lindemberg, Colatina, Vitória, Vila Velha, Marilândia, João Neiva, Ibiraçu, Serra, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, Ecoporanga, Nova Venécia.

Já o CENAD emitiu um alerta para Aracruz reportando risco de inundação moderado e risco de movimento de massa alto. Foi emitido também, um alerta de acumulado de chuva para este sábado em Água Doce do Norte, Águia Branca, Alto Rio Novo, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Colatina, Conceição da Barra, Ecoporanga, Governador Lindenberg, Ibiraçu, Itaúnas, Jaguaré, João Neiva, Linhares, Mantenópolis, Marilândia, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, Rio Bananal, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, São Roque do Canaã, Sooretama, Vila Pavão, Vila Valério.

Orientações

•    Em casos de chuvas fortes o mais importante é proteger a sua vida e de seus familiares. Encaminhe-se imediatamente para um lugar seguro;
•    Fique atento a movimentações de terra. Trincas no chão, inclinação de cercas, postes e árvores podem indicar o início de um deslizamento. Abandone imediatamente sua casa e procure um local seguro;
•    Se houver muita infiltração na casa e acontecer rachaduras nas paredes ou escutar algum barulho estranho, abandone sua residência;
•    Tenha sempre em mãos os telefones da Defesa Civil de seu município;
•    Em caso de emergências, ligue para o Corpo de Bombeiros. O telefone é o 193;
•    Evite as áreas alagadas. Terrenos acidentados, buracos e bueiros abertos, assim como fiação elétrica exposta, podem causar acidentes graves;
•    Ao término da enchente, busque orientação da Defesa Civil sobre o retorno para sua residência. É necessário limpar os locais atingidos por água e lama;
•    Se a sua residência foi destruída durante a enchente, não retorne a construir no mesmo lugar, porque cedo ou tarde ocorrerá um novo desastre. 

No site da Defesa Civil Estadual (www.defesacivil.es.gov.br) estão disponíveis todos os contatos das Defesas Civis Municipais.