• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de casos de HIV avança e quase três mil pessoas estão contaminadas no Estado

Geral

Número de casos de HIV avança e quase três mil pessoas estão contaminadas no Estado

A epidemia no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção em torno de 19,1 casos para cada 100 mil habitantes. Ainda assim, o número representa cerca de 41,1 mil novos casos ao ano

Em 2012, foram contabilizados em todo o Espírito Santo 171 casos de HIV/aids Foto: Divulgação

Dados divulgados nesta quarta-feira (30) pelo Ministério da Saúde revelam que de 2007 até este ano, 2.923 de casos de HIV foram notificados no Espírito Santo. No Brasil, 827 mil pessoas vivem com o vírus e dessas, cerca de 112 mil não sabem que estão infectados.

Do total de pessoas soropositivas identificadas no país, 372 mil ainda não estão em tratamento, apesar de 260 mil delas já saberem que estão infectadas. 

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, aqui no Espírito Santo, em 2007 foram 50 casos de HIV/aids notificados. O número subiu para 56 em 2008 e para 76 em 2009. Já em 2010, foram notificados 105 casos em todo o Estado, no ano seguinte foram 18 casos a mais.

Em 2012, foram contabilizados em todo o Espírito Santo 171 casos de HIV. No ano seguinte o número mais que dobrou, subindo de 171 para 346 notificações. Em 2014 foram 822 casos e no ano passado 850. Só este ano foram notificados 324 novos casos. 

Ainda segundo o relatório do Ministério da Saúde, do ano 2000 até o ano passado, 1.766 gestantes foram infectadas pelo vírus HIV.  

E o número de casos de aids em crianças menores de cinco anos de idade de foi 397 de 2003 até este ano. De acordo com o boletim, no país, a taxa de detecção da aids em menores de 5 anos caiu 36% nos últimos seis anos, passando de 3,9 casos para cada 100 mil habitantes em 2010 para uma taxa de 2,5 casos em 2015.

Segundo a pasta, a epidemia no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção em torno de 19,1 casos para cada 100 mil habitantes. Ainda assim, o número representa cerca de 41,1 mil novos casos ao ano.