Líder catalão diz que prisão de membros do governo deposto são 'grave erro'

Geral

Líder catalão diz que prisão de membros do governo deposto são 'grave erro'

Redação Folha Vitória

Madri - O presidente regional deposto da Catalunha, Carles Puigdemont, descreveu as sentenças de prisão de diversos ex-membros do governo como um "grave erro".

Em um discurso divulgado nesta quinta-feira pela TV pública TV3, Puigdemont convidou os catalães a protestar contra as autoridades espanholas "sem violência, pacificamente e com respeito pelas opiniões de todos". Ele e diversos membros do gabinete permanecem em Bruxelas, onde, segundo Puigdemont, estão buscando "segurança e liberdade", enquanto os juízes os investigam devido à tentativa de independência catalã.

Um promotor espanhol pediu a uma juíza do Tribunal Nacional da Espanha para emitir um mandado de prisão contra Puigdemont e os outros ministros. "A fúria com que o governo espanhol atacou uma bela nação europeia é ultrajante e está ameaçando a todos nós", afirmou o líder catalão, acrescentando que a independência da região não é mais um "caso interno" da Espanha. Fonte: Associated Press.