• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com doença incurável, capixaba arrecada dinheiro na internet para tratamento

Geral

Com doença incurável, capixaba arrecada dinheiro na internet para tratamento

O tratamento é realizado em outro estado e o valor estimado para cobrir todos os gastos é de R$ 27 mil

Iures Wagmaker

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução

Tudo começou com a dificuldade para ingerir alimentos sólidos. O que os familiares do jovem Wenderson Silva Morais, 22 anos, pensavam ser apenas um refluxo, foi diagnosticado como um distúrbio gastrointestinal chamado acalasia, uma doença rara e incurável que há cinco meses faz parte da vida de Wender, morador da cidade de Boa Esperança, região Norte do Espírito Santo.

Segundo a noiva do jovem, Laryssa Mari Cruz Pereira, 21 anos, depois dos sólidos, Wender também começou a ter dificuldades na ingestão de líquidos, chegando a passar mal durante a noite. Foi aí que resolveram fazer os primeiros exames. “Há quase três meses começamos a fazer alguns exames até que foi descartada a possibilidade de ser refluxo”, relatou.

Laryssa conta que, durante as análises, foi verificado que havia algo diferente e houve a primeira suspeita de acalasia. A confirmação veio após alguns meses do início dos sintomas, no dia 24 de outubro, após o resultado de novos exames.

Por conta do distúrbio, Wender precisou sair do serviço, pois não tem mais condições físicas de permanecer no trabalho. “Essa doença afeta muito, pois ele não consegue se alimentar normalmente ou ingerir líquidos, impossibilitando ele de fazer atividade física, que é uma das coisas que ele mais sente falta”, contou a noiva.

Por meio de uma mãe, cujo o filho passou pela mesma situação, a família de Wender ficou sabendo de um tratamento conhecido pela sigla POEM - Miotomia Endoscópica Peroral - uma cirurgia que pode amenizar os sintomas da doença. No caso que eles conheceram, o paciente, atualmente, voltou a levar uma vida normal, se alimentando e trabalhando.

O tratamento, que é feito no Recife, em Pernamburco, no entanto, tem o custo é alto. Segundo Laryssa, estima-se um gasto de R$ 27 mil. Por este motivo, familiares e amigos lançaram uma ‘vaquinha’ virtual para arrecadar os valores. A previsão é que a cirurgia seja marcada em dezembro.

Colabore com o tratamento de Wender!

Devido a dificuldade de se alimentar, Wender está perdendo peso. Baseados em outros casos da doença, a cirurgia é o tratamento que traz esperança para a família e para o jovem. “Através da cirurgia POEM ele poderá voltar a se alimentar e ter uma vida normalmente”, afirma Laryssa.

Acalasia

De acordo com informações dispostas no site do Hospital Albert Einstein, a acalasia é uma doença que resulta de danos nos nervos do tubo alimentar, que impede que o esôfago direcione o alimento para o estômago. O distúrbio pode ser causado por uma resposta anormal do sistema imunológico.

Entre os principais sintomas, estão o refluxo de alimentos na garganta, regurgitação, dor no peito e perda de peso. Normalmente, o tratamento pode ser realizado com uma terapia minimamente invasiva, por endoscopia, ou cirurgia.