Geral

Presidente da United Auto Workers pede afastamento do cargo

O presidente da United Auto Workers (UAW), Gary Jones, vai se afastar do comando do sindicato em meio a uma investigação do governo federal americano sobre corrupção na entidade. Segundo a UAW, o próprio Jones pediu o afastamento do cargo, que vai vigorar a partir de domingo (03).

O governo americano investiga fraude e uso incorreto de recursos na UAW há mais de dois anos. Jones não foi indiciado, mas, em um processo judicial na semana passada, procuradores de justiça federais afirmaram que sete membros da direção do sindicato participam, desde 2010, de esquemas para desviar recursos da entidade.

Em comunicado, Jones afirmou que está se afastando para que o sindicato possa se concentrar em negociar melhores acordos para seus trabalhadores. O atual vice-presidente da UAW, Rory Gamble, servirá como presidente em exercício.

Pontos moeda