VÍDEO | Caminhões de lixo de Vitória têm vidros quebrados e pneus furados durante greve

Geral

VÍDEO | Caminhões de lixo de Vitória têm vidros quebrados e pneus furados durante greve

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que o veículo foi quebrado no Centro da capital

Foto: Lucas Pisa / TV Vitória

Cinco caminhões de lixo da prefeitura de Vitória foram depredados na noite de terça-feira (24). Vidros dos veículos foram quebrados e pneus foram furados. Uma viatura da Guarda Municipal chegou no local onde um dos caminhões estavam estacionados, na Praça Costa Pereira, mas os vândalos conseguiram escapar. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que o veículo foi quebrado no Centro da capital:

Outros carros que estavam na Praia do Canto e em Bento Ferreira também foram alvos de depredação.

"Não podemos acusar ninguém, mas o fato aconteceu. É lamentável, pois estamos passando por um momento de pandemia e agrava muito a questão da coleta de lixo agora", disse o secretário municipal de Serviços, Marcos Aranda.

O vandalismo acontece no momento em que os motoristas que realizam a coleta na região metropolitana estão em greve. A categoria pede reajuste salaria, mas o sindicato patronal alega que todas as propostas já foram oferecidas e nenhuma foi aceita pelos motoristas.

A Justiça determinou que 70% do serviço de coleta de lixo seja reestabelecido nos 19 municípios do Espírito Santo atingidos pela greve da categoria. Mas de acordo com o sindicato que representa as empresas, a determinação não está sendo cumprida. Em uma empresa de Vitória, viaturas da Guarda Municipal foram acionadas para que os caminhões fossem escoltados das garagens, caso necessário.

O sindicato dos rodoviários do Espírito Santo afirmou que está sim cumprindo a determinação judicial. 

Enquanto o impasse não é resolvido, as prefeituras orientam que a população não descarte lixo em locais inadequados e apenas nos horários indicados.

Sobre a depredação, a empresa responsável pela coleta de lixo registrou boletim de ocorrência, e a Polícia Civil vai investigar o caso. Até agora, nenhum vândalo foi identificado, mas imagens das câmeras de segurança devem ajudar a polícia a chegar até os suspeitos.


* Com informações do repórter Lucas Pisa, da TV Vitória / Record TV