• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Audiência termina sem acordo e rodoviários prometem greve de ônibus na segunda-feira

Geral

Audiência termina sem acordo e rodoviários prometem greve de ônibus na segunda-feira

A categoria frisou durante todas as reuniões que pretende publicar o edital de greve antes de paralisar totalmente os serviços aos usuários

Greve deve começar na próxima segunda-feira (8) Foto: Lorena Garcia

Quem anda de ônibus deve se preparar. A reunião de negociação entre motoristas e cobradores da Grande Vitória e os representantes das empresas de ônibus, realizada na manhã desta quarta-feira (3), na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES), em Vitória, terminou sem acordo. Com isso, a categoria entra em greve por tempo indeterminado a partir de 0h da próxima segunda-feira (8).

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Espírito Santo (Sindirodoviários) afirmou que rodoviários que paralisaram os serviços na manhã desta quarta-feira (3), no Terminal de Itaparica, devem retomar as atividades ainda hoje. A categoria frisou durante todas as reuniões que pretende publicar o edital de greve antes de paralisar os serviços aos usuários.

Os trabalhadores não aceitaram a proposta e pedem reajuste salarial de 15%, auxílio-alimentação de R$ 4,00 e pagamento total do plano de saúde. A categoria, que reivindica aumento salarial de 20%, rejeitou a proposta do sindicato patronal, que ofereceu reajuste de 8% no salário, R$ 2,00 de aumento no auxílio-alimentação e 80% de cobertura do plano de saúde. 

Entenda como tudo começou:
No dia 26 de novembro deste ano, após duas assembleias, a categoria decidiu pela paralisação. Os profissionais pediam aumento salarial de 20% e pagamento integral do plano de saúde. As reivindicações não foram atendidas e os rodoviários prometeram paralisação em 72 horas. 

Greve adiada:
No dia 27 de novembro, os rodoviários decidiram adiar a greve de ônibus. O Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo (Sindirodoviários), antes de começar a greve, tentou um acordo com o sindicato patronal, mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES). 

Primeira audiência:
Na última segunda-feira (1), foi realizada a primeira audiência de conciliação entre rodoviários e representantes das empresas de ônibus da Grande Vitória. A reunião aconteceu no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES). 

A audiência terminou sem acordo financeiro e a categoria garantiu que a paralisação não aconteceria na semana corrente. O sindicato afirmou que a paralisação só aconteceria dentro de 72 horas, prazo exigido pela lei e que serve de comunicação prévia à população.

Greve é marcada
Na manhã desta quarta-feira (3)  foi realizada a segunda reunião de negociação entre motoristas e cobradores da Grande Vitória e os representantes das empresas de ônibus. A reunião aconteceu no TRT e terminou sem acordo entre as partes. O Sindirodoviários informou que a partir da próxima segunda-feira (8), os profissionais irão parar os serviços.