• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China prende cineasta que fez filme sobre Constituição

Geral

China prende cineasta que fez filme sobre Constituição

Pequim - Um tribunal da China condenou o cineasta Shen Yongping a um ano de prisão por ter produzido um documentário sobre a busca centenária do país por um verdadeiro regime constitucional, afirmou nesta terça-feira o advogado do cineasta, Zhang Xuezhong.

A corte do distrito de Chaoyang, em Pequim, considerou Shen culpado por ter operado um negócio ilegal, uma vez que Shen não obteve permissão para filmar o documentário. Zhang argumentou que Shen é inocente, pois disponibilizou gratuitamente o filme na internet e não obteve lucro com ele.

O Partido Comunista chinês afirma respeitar a Constituição e o sistema legal. Seus críticos, entretanto, dizem que o partido e seus membros continua acima da lei.

Shen, que tem pouco mais de 30 anos, foi detido em abril, logo após o fim das filmagens, que retratam os esforços chineses para criar um país onde a Constituição se aplique a todos, algo que não acontece desde a dinastia imperial Qing, afirmou Zhang. O documentário está disponível no Youtube, embora seu acesso seja restrito na China.

Segundo o advogado, Shen foi repetidamente advertido por autoridades chinesas, que o ameaçavam de prisão durante as filmagens. "Mas ele seguiu em frente porque acreditava que este não era um ato criminoso", disse. Zhang também afirmou que o cineasta tomou bastante dinheiro emprestado para terminar o filme.

"Este é um ato de expressão pessoal. Não é diferente de filmar um casamento e exibi-lo online", afirmou Zhang. "Ele não constitui a criação de um negócio ilegal." Fonte: Associated Press.