Educação Básica do segmento privado tem desempenho superior no Ideb

Geral

Educação Básica do segmento privado tem desempenho superior no Ideb

Segundo os resultados, a Educação Básica do setor privado alcançou médias superiores às estabelecidas pelo Plano Nacional de Educação para 2021.

Foto: Divulgação

A Educação Básica do setor privado foi destaque devido ao seu desempenho notável na edição 2013 do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado em setembro. Segundo os resultados, o segmento alcançou médias superiores às estabelecidas pelo Plano Nacional de Educação para 2021. Nos itens "Anos iniciais do Ensino Fundamental", "Anos Finais do Ensino Fundamental" e "Ensino Médio", foram registradas notas 7,3; 6; 55 e 5,7, respectivamente. 

A meta para 2021 é, em ordem, 6, 5,5 e 5,2. “Não podemos confundir metas com projeção, pois quanto mais elevado o desempenho em um ciclo de avaliação, maior a expectativa para o seguinte. Assim, conclui-se que somos a maior força propulsora de indução de qualidade para os nossos sistemas de ensino”, avalia o presidente do Sinepe- ES, Pe. João Batista Gomes de Lima.

IDEB  2015 2017 2019 2021
Anos iniciais do ensino fundamental 5,2 5,5 5,7 6
Anos finais do ensino fundamental 4,7 5 5,2 5,5
Ensino médio 4,3 4,7 5 5,2

Tabela 1: Notas estabelecidas pelo PNE a serem alcançadas até 2021.

IDED 2013
Anos iniciais do ensino fundamental 7,3
Anos finais do ensino fundamental 6,55
Ensino médio 5,7

Tabela 2: Notas alcançadas pelo segmento privado já em 2013.