Frente fria deixa Rio de Janeiro em estágio de atenção

Geral

Frente fria deixa Rio de Janeiro em estágio de atenção

Redação Folha Vitória

Rio - O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro (COR) entrou em estágio de atenção às 5h25 desta sexta-feira, 05, por causa da passagem de uma frente fria próximo à costa do Rio de Janeiro. Chovia forte na capital e na Região Metropolitana.

O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa possibilidade de chuva moderada a forte e rajadas de vento. Em Copacabana, na zona sul, foram registrados ventos de 70 km/h.

Até as 8h30, o maior acumulado de chuvas em uma hora, de acordo com o COR, foi na Favela da Rocinha, também na zona sul: 28,2 mm, às 5h30. A chuva alagou também ruas de Niterói, na Região Metropolitana.

Por causa da chuva, o Aeroporto Santos Dumont, na região central do Rio, estava aberto para pousos e decolagens, porém operava por instrumentos desde o início da operação, às 6h. Já o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na Ilha do Governador, na zona norte, operava normalmente.

Ainda de acordo com o COR, a previsão para as próximas horas no Rio é de chuva moderada a ocasionalmente forte, acompanhada de rajadas de vento moderado a forte em diversos pontos da cidade.

Depois da Rocinha, o maior acumulado em uma hora na capital foi na Barra da Tijuca, na zona oeste: 23 mm, às 4h, seguida por Piedade, na zona norte, 20,8 mm, às 4h45, e a Ilha do Governador, também na Zona norte, 13,8 mm, às 6h15.

A chuva forte também complicava o trânsito no Rio. Na Gávea, na zona sul, um acidente envolvendo dois ônibus, dois carros e uma moto deixava o tráfego de veículos parcialmente interditado no entorno da Praça Sibélius. Não há informações de feridos.