Líderes da UE iniciam reunião de cúpula para tratar de crise imigratória

Geral

Líderes da UE iniciam reunião de cúpula para tratar de crise imigratória

Redação Folha Vitória

Bruxelas - Os líderes da União Europeia (UE) iniciaram nesta quinta-feira uma reunião de cúpula para um debate sobre a crise imigratória do bloco, enquanto eles avaliam medidas para evitar um desgaste da soberania dos Estados e de países pressionados para receber mais refugiados.

O pontapé inicial é uma pequena reunião liderada pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e seu homólogo austríaco, Werner Faymann, reunindo um punhado de outros líderes da UE e o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu.

Os líderes da UE vão dizer a Davutoglu para honrar a sua parte de um acordo firmado no final de novembro para conter o fluxo de imigrantes. A Turquia tem sido a principal porta de entrada para a Europa, com mais de 800 mil imigrantes este ano.

Como parte do acordo, os líderes da UE ofereceram a Ancara 3 bilhões de euros e prometeu acelerar as negociações para trazer a Turquia para a UE, em troca de ajuda da Turquia para reprimir a imigração ilegal.

Embora os números tenham diminuído ligeiramente desde que o acordo foi assinado, 3.800 pessoas ainda estão chegando diariamente nas ilhas gregas a partir da costa turca, segundo a Organização Internacional para a Imigração.

Merkel está atualmente procurando convencer os líderes da UE a se oferecerem para receber os refugiados sírios vindos da Turquia. No entanto, este plano perdeu força, mesmo entre os aliados de Merkel, uma vez que os líderes da UE acreditam que Davutoglu deve honrar os compromissos que ele já fez, sem incentivos adicionais. Fonte: Dow Jones Newswires.