• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chuva no ES: mesmo após trégua, mais de 550 famílias continuam desabrigadas ou desalojadas

Geral

Chuva no ES: mesmo após trégua, mais de 550 famílias continuam desabrigadas ou desalojadas

De acordo com o último boletim da Defesa Civil Estadual, 565 famílias estão fora de casa. Ainda há alerta para deslizamentos de terra e inundação em algumas regiões do Espírito Santo

Mesmo após uma trégua das chuvas que atingiram, em maior parte, as regiões Sul e Serrana do Espírito Santo, na última semana, 565 famílias continuam desalojadas ou desabrigadas. As informações são do último boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual, neste domingo (18).

Iconha, no Sul do Espírito Santo foi um dos municípios mais atingidos pela chuva Foto: Leitor/WhatsApp Folha Vitória

O município com o maior número de famílias desalojadas ou desabrigadas é Castelo, com 83 famílias que precisaram sair de casa, e outras 276 que tiveram a residência condenada pela Defesa Civil. Em seguida vem Cachoeiro de Itapemirim, com 110 famílias desabrigadas ou desalojadas.

Em algumas partes do Espírito Santo continuou a chover nas últimas horas. Guarapari, na Grande Vitória, foi a que registrou o maior acumulado de chuva, com 34 milímetros. Com sol predominante, além de Guarapari, choveu, nas últimas doze horas, apenas em Bom Jesus do Norte, Mimoso do Sul e Governador Lindenberg.

Dois municípios informaram que irão decretar Situação de Emergência: Iconha e Castelo, ambos no Sul do Estado. Outras cidades ainda avaliam se irão declarar Situação de Emergência.

Folha Clima: veja como fica o tempo e a temperatura para sua região

Mesmo sem previsão de chuva forte para as próximas horas, a Defesa Civil Estadual informou que existem doze alertas ativos para risco de deslizamento de terra e inundação.

Ponte rompe em Itapemirim

A ponte rompeu no último sábado (17), após fortes chuvas atingirem a região Foto: Divulgação/DER-ES

A ponte de Vila do Itapemirim, no quilômetro 19 da ES 487, rompeu, no último sábado (17), e as equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) precisaram sinalizar o local.

Enquanto a situação não é normalizada, a alternativa para o motorista que estiver indo de Rio Novo do Sul, pela BR-101, para Itapemirim será a estrada da localidade de Fazenda Velha, passando pela comunidade do Gomes e chegando à ES-060.