Líderes republicanos desejam votar plano tributário dos EUA na próxima semana

Geral

Líderes republicanos desejam votar plano tributário dos EUA na próxima semana

Redação Folha Vitória

Nova York - O deputado republicano Kevin Brady (Texas), que comanda o Comitê de Meios e Medidas da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos e é um dos autores do projeto de reforma tributária dos deputados republicanos, disse nesta segunda-feira que os líderes da sigla estão se encaminhando para uma votação final do pacote tributário no fim da próxima semana. "Estou satisfeito com o progresso que estamos fazendo", afirmou Brady a repórteres, ressaltando que os republicanos ainda têm "muito trabalho pela frente".

A única questão pela qual Brady observou que há um firme compromisso foi na questão da revogação do imposto sobre herança em propriedades multimilionárias. "Na Câmara, sentimos muito fortemente sobre a revogação total do imposto imobiliário", disse.

O líder republicano na Câmara, Kevin McCarthy (Califórnia), sugeriu no domingo que os legisladores podem estar abertos a preservar grande parte do plano tributário elaborado pelos senadores republicanos. Ele também indicou uma possível mudança para garantir que indivíduos e empresas grandes paguem uma parcela justa de impostos. O projeto de lei do Senado retém a AMT para empresas. "Estes são todos os elementos que estamos observando agora", disse Brady.

Os líderes republicanos têm lutado para fazer com que congressistas do partido de Estados com altos impostos, como Califórnia, Nova Jersey e Nova York, cujos contribuintes seriam atingidos pela eliminação da dedução federal para impostos estaduais e municipais, passem a aderir à proposta. A revogação da dedução somou uma receita de US$ 1,3 trilhão ao longo de uma década, o que poderia ser usado para cortes de impostos mais profundos. Fonte: Associated Press.