• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Enterro do ex-governador Gerson Camata reúne familiares, amigos e autoridades

MORTE gerson camata

Geral

Enterro do ex-governador Gerson Camata reúne familiares, amigos e autoridades

O ex-governador do Espírito Santo foi assassinado pelo antigo assessor na tarde desta quarta-feira (27) na Praia do Canto, em Vitória

Gustavo Fernando

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

O corpo do ex-governador Gerson Camata foi enterrado no Cemitério Jardim da Paz, na Serra, na tarde desta quinta-feira (27). O velório, que aconteceu no Palácio Anchieta, teve a presença de familiares, amigos e diversas autoridades. Além disso, populares passaram pelo local para se despedirem do político. 

Segundo o secretário da Casa Militar, Danton Ferrari, mais de cinco mil pessoas passaram pelo velório que aconteceu na manhã desta quinta-feira. O Governo do Estado disponibilizou dois ônibus para a população acompanhar o enterro.

>>Veja as principais imagens da despedida ao ex-governador Gerson Camata

Autoridades

Cortejo e enterro

Por volta das 14h40, o corpo do ex-governador saiu do Palácio Anchieta rumo ao Cemitério Jardim da Paz, na Serra. Ele foi conduzido sobre um carro do Corpo de Bombeiros. O cortejo fúnebre foi acompanhado por diversos veículos e chegou às 15h50 no local do enterro. 

Foto: Breno Ribeiro

O responsável pelas orações do sepultamento foi Dom Geraldo Lyrio Rocha, arcebispo de Mariana, Minas Gerais. Ao lado de Rita Camata, viúva de Gerson Camata, estavam os filhos, familiares, o governador Paulo Hartung e o governador eleito Renato Casagrande. 

Honras fúnebres 

O ataúde com o corpo do ex-governador foi recepcionado por um pelotão da Companhia Independente de Missões Especiais, que junto a policiais militares, foram responsáveis pelo translado do corpo até o local de sepultamento.

Durante o deslocamento, policiais militares executaram salvas de três tiros em homenagem ao ex-governador. Além disso, aconteceu a tradicional dobra da bandeira do Espírito Santo, que foi entregue a Rita Camata. 

No momento em que o ataúde estava sendo baixado à sepultura, foi executado o toque de silêncio pelo corneteiro da Polícia Militar. O corpo de Gerson Camata foi sepultado às 16h20, e o enterro foi acompanhado por um grande número de pessoas. 

Homicídio

Foto: Breno Ribeiro

O ex-governador do Espírito Santo e ex-senador pelo estado por três mandatos, Gerson Camata (MDB) foi assassinado com um tiro no pescoço na tarde de quarta-feira (26), na Praia do Canto, em Vitória. 

Marcos Venício Moreira Andrade, de 66 anos, confessou ter assassinado o ex-governador. Marcos é economista e trabalhou com Gerson de 86 a 2005. Gerson moveu processo contra Marcos depois que o ex-assessor foi a publico apontar possíveis irregularidades no governo de Camata. Eles tinham uma briga desde então e o processo motivou o crime. 

>>Polícia diz ter evidências que crime contra Camata foi premeditado
>>Entenda a briga judicial que teria motivado o assassinato do ex-governador Gerson Camata

Transferência para o presídio

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Venício foi transferido para o Presídio de Viana nesta quinta-feira (27). De acordo com o advogado que defendeu Venício em processo impetrado por Camata, Marcos perdeu um processo em primeira instância e teria que pagar R$ 50 mil. Em segunda instância, o valor foi reduzido para R$ 20 mil e foi aceito, mas somado aos honorários dos advogados que acompanhavam o caso, o valor chegaria a R$ 60 mil.

Trajetória

Gerson Camata possuía um longo histórico na política capixaba. Além da carreira política, Camata iniciou a vida profissional como jornalista e apresentador do programa Ronda da cidade, na Rádio Cidade de Vitória, em 1964. O ex-governador também se formou em economia pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O início da trajetória política de Camata aconteceu em 1967, na câmara dos Vereadores de Vitória. Depois ele foi eleito deputado estadual, no período de 1971 a 1975, ano em que se tornou deputado federal.

>>Autoridades capixabas lamentam morte de Gerson Camata. Veja o que disseram!