Dados apontam que metade da população no ES ainda vive sem saneamento básico

Geral

Dados apontam que metade da população no ES ainda vive sem saneamento básico

O município de Cariacica tem a pior cobertura de rede de esgoto da Grande Vitória com apenas 34% dos imóveis. A capital tem a maior cobertura com 81% e Serra vem em segundo com 69%

Foto: Reprodução TV Vitória

Quase metade da população do Espírito Santo ainda vive sem saneamento básico. Porém, em um ano, houve um aumento na cobertura de rede de esgoto. Mas é preciso também tratar os resíduos no Brasil. O esgoto tratado não passa de 25%.

Moradores e comerciantes de Barramares, em Vila Velha, tem que conviver com as poças de águas nas ruas, ocasionadas pela chuva, e que acabam se misturando com conteúdo de fossa. O mau cheiro também é um dos transtornos vividos pela população. Poucas ruas no bairro tem rede de esgoto.

Foto: Reprodução TV Vitória

No município de Vila Velha, apenas 52% dos moradores, tem acesso a rede de esgoto. Já em Cariacica, a situação é pior. No bairro Sotelândia, as casas despejam o esgoto diretamente no Rio Marinho. Moradores reclamam que quando chove, essa água volta para dentro das casas por conta dos alagamentos.

O município tem a pior cobertura de rede de esgoto da Grande Vitória com apenas 34% dos imóveis. A capital tem a maior cobertura com 81% e Serra vem em segundo com 69%.

Os números são de 2018, do Sistema Nacional de Informações de Saneamento, (o SNIS), do Ministério do Desenvolvimento Regional. 

Sobre o dados do SNIS, a companhia informou que 66% dos imóveis tem rede de esgoto nos 52 municípios capixabas atendidos e todos possuem 100% de tratamento do esgoto que coleta.

Em nota, A CESAN informa que não há rede de esgotamento sanitário da Cesan no bairro Sotelândia. Cariacica vai receber um investimento de mais de R$ 138 milhões em obras de sistema de esgotamento sanitário e a empresa já está contratada. A próxima etapa é uma Parceria Público-Privada, que vai atender a todo município, a licitação está em fase preparatória e o bairro está entre os que serão atendidos.