Chuva causa estragos e deixa 14 pessoas desalojadas no Espírito Santo

Geral

Chuva causa estragos e deixa 14 pessoas desalojadas no Espírito Santo

Segundo o boletim da Defesa Civil estadual, divulgado no final da tarde desta quinta-feira, oito pessoas estão fora de casa em Cariacica e seis em Ibiraçu

Foto: Divulgação

Quatorze pessoas estão fora de suas casas, no Espírito Santo, por causa da forte chuva que atinge o estado desde quarta-feira (9). De acordo com o boletim da Defesa Civil estadual, divulgado no final da tarde desta quinta-feira (10), oito pessoas estão desalojadas — ou seja, estão na casa de parentes ou amigos — em Cariacica e seis em Ibiraçu. Ainda não há registro de desabrigados — quando a pessoa precisa ir para algum abrigo da prefeitura — no estado.

Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), há alertas de nível alto para o risco de movimentos de massa, como deslizamentos de terra, nos municípios de Serra, Fundão, Ibiraçu e Iúna. Ainda de acordo com o Cemaden, também há risco alto de fenômeno hidrológico, como enchentes, em Castelo e Conceição do Castelo.

As duas cidades, localizadas na região sul-serrana, estão entre as mais afetadas pela chuva. Diversos pontos de alagamento, tanto no centro quanto no interior, foram registrados e estradas foram interditadas.

Segundo o Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), a ES-379, que liga Castelo a Muniz Freire, está totalmente bloqueada por causa da chuva. Também há interdições totais no trecho de Conceição do Castelo – Santo Antônio, da rodovia ES-165, e no km 10 da ES-181, entre o distrito de Piaçu e Muniz Freire. 

Outro trecho que apresenta interdição, dessa vez parcial, é entre os km 18 e 30 da ES-166, em Castelo. Com relação às rodovias federais, não há registro de interdição neste momento, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a concessionária Eco101.

Ainda de acordo com o boletim da Defesa Civil, foram registradas pequenas ocorrências de quedas de árvore e deslizamento de terra na Rodovia Pedro Cola, em Castelo. Além disso, o Rio Castelo atingiu a cota de emergência e transbordou nos bairros Niterói, Centro e Esplanada. 

Acúmulo de chuva

Segundo a Defesa Civil, a cidade que apresentou o maior acúmulo de chuva, nas últimas 24 horas, foi a Serra, onde o volume chegou a 183.84 milímetros. Completam a lista das cinco cidades com os maiores volumes de chuva Ibiraçu (163.64 mm), Irupi (161.80 mm), Iúna (156.6 mm) e Fundão (156.18 mm).

CONTATOS DA DEFESA CIVIL
DEFESA CIVIL ESTADUAL- 3194-3652
VITÓRIA- 98818-4432
VILA VELHA- 3388-4346 E 162
CARIACICA- 98831-6000 E 199
VIANA - 9 9860-4360
SERRA- 99938-9500
GUARAPARI- 98879-7971
CASTELO- (28) 99936- 4032