Protesto de policiais civis complica trânsito em Vitória

Geral

Protesto de policiais civis complica trânsito em Vitória

Após protesto no início da tarde desta quinta-feira (24), em Vitória, os policiais civis decidiram encerrar a manifestação por volta das 14h15. Na tarde desta quinta (24), o trânsito ainda fluia com lentidão nas avenidas Princesa Isabel e Governador Gley, todas no Centro de Vitória.

O protesto teve início por volta das 12h30, na Avenida Vitória, e o grupo chegou a ocupar três faixas da avenida. Com um trio elétrico, os agentes falavam sobre as reivindicações da categoria. De acordo com a Central de Videomonitoramento da Capital, cerca de 50 pessoas participaram do protesto.

Segundo o diretor jurídico da Associação de Agentes da Polícia Civil, Lucas Siqueira Netto, a categoria pede o reconhecimento, pelo governo do Estado, do nível superior de ensino como pré-requisito para ingresso na categoria. “Somente o Espírito Santo e outros dois estados brasileiros não reconhecem isso. Somos a segunda maior categoria dentro da Polícia Civil, e queremos valorização”, disse.

Na manhã desta quinta-feira (24), os agentes se reuniram em assembleia, e decidiram ingressar com uma ação judicial na qual solicitam que o salário da categoria seja equiparado ao salário dos investigadores da Polícia Civil.

De acordo com o diretor jurídico, caso as reivindicações não sejam atendidas pelo governo, a categoria prometer deflagrar a “Operação Cumpra-se”, na qual os trabalhos de investigação deverão ser paralisados.

A Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger) disse que recebeu as reivindicações da categoria e irá analisar as demandas juntamente com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) e a chefia da Polícia Civil.

Outro protesto

Também nesta quinta-feira, uma manifestação de agentes de saúde e agentes de combate a endemias reuniu cerca de 200 pessoas na Rodovia do Sol, na altura da via de acesso à Terceira Ponte, em Vila Velha. O trânsito ficou complicado na região, já que os manifestantes bloquearam completamente a via.