Quase 30 tartarugas marinhas são encontradas mortas em praia da Barra do Jucu

Geral

Quase 30 tartarugas marinhas são encontradas mortas em praia da Barra do Jucu

A quantidade de animas foi a maior encontrada pelo Projeto Tamar. A Polícia Ambiental esteve no local, mas o dono das redes não foi encontrado

whatsapp
Os animais morreram enrolados em uma rede de pesca Foto: Reprodução/WhatsApp Folha Vitória

Uma dupla de guarda-vidas encontrou, na manhã desta quarta-feira (9), 28 tartarugas da espécie verde enroladas em uma rede de pesca, na Praia da Barrinha, na Barra do Jucu, em Vila Velha. O número de animais só foi confirmado após a chegada de uma equipe do Projeto Tamar.

De acordo com a bióloga do Projeto Tamar, Jordana Borini Freire, quando as tartarugas foram encontradas os moradores da região entraram em contato com eles. “Antes da nossa equipe chegar ninguém sabia a quantidade exata de animais que estavam presos. Quando começamos a puxar a rede, mais tartarugas foram aparecendo”, contou.

Segundo Jordana, as tartarugas tinham aproximadamente quatro anos, idade em que ainda não é possível reproduzir. “Essa espécie só é considerada adulta a partir dos 25 anos. Elas eram muito novas. Além disso, é uma espécie que está em extinção”, apontou a bióloga.

Uma equipe do Projeto Tamar informou que no local onde a rede foi encontrada a prática de pesca é comum, mas é ilegal. De acordo com eles, o pescador que utilizou esse tipo de material assumiu o risco de um acidente como esse. “Todos nós ficamos assustados com a quantidade de tartarugas mortas. Isso nunca havia acontecido antes. Apenas no ano passado, próximo a Ilha do Boi, encontramos nove animais nessa situação”, disse Jordana. 

A Polícia Ambiental esteve no local, mas ninguém foi preso. O dono do material não foi encontrado e todas as redes foram recolhidas. 

A equipe do Projeto Tamar pode ser acionada através do telefone 3225-3787.