• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sem encontro com Hartung, manifestantes mantém ocupação no Palácio Anchieta

Geral

Sem encontro com Hartung, manifestantes mantém ocupação no Palácio Anchieta

Por volta das 19 horas, a coordenadora da Sindiupes informou que a manifestação segue até que o governo agende uma data satisfatória para se reunir e debater as reivindicações do movimento

Manifestantes pretendem continuar no Palácio até agendamento de reunião de negociação Foto: ​Divulgação/CUT

A ocupação da sede do Governo Estadual, iniciada na tarde desta terça-feira (08), por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), professores estaduais e representantes de grupos feministas capixabas e Central Única dos Trabalhadores (CUT) ainda não foi finalizada. 

Uma das lideranças estaduais do MST no Estado, Fátima Ribeiro, informou que o movimento quer data e hora marcadas para discutir com o governador Paulo Hartung e sua equipe as pautas reivindicadas.

“Nos informaram que a reunião será marcada no fim do mês, mas ninguém confirma o dia correto. Enquanto não agendarem, continuaremos na luta”, garantiu a militante.

O coordenador estadual de Direitos Humanos, Julio Pompeu, afirmou que a equipe do Governo permanecerá em negociação das reivindicações dos manifestantes e que conta com o diálogo e o bom senso para resolver a situação da melhor forma possível.

“Escutamos a pauta e apresentamos propostas para que a negociação corra da melhor forma possível, garantiu Pompeu.

Entenda o caso

O protesto começou na manhã desta terça-feira (8). Integrantes do MST saíram da Secretária de Educação do Espírito Santo (Sedu), e seguiram em direção ao Centro de Vitória. Mulheres que faziam manifestação na praça de Jucutuquara também se juntaram aos integrantes do protesto, pedindo por mais direitos, respeito e igualdade.