Além de chuvas fortes, Incaper alerta para rajadas de vento e trovoadas no ES

Geral

Além de chuvas fortes, Incaper alerta para rajadas de vento e trovoadas no ES

A previsão é de que a chuva se intensifique na tarde desta sexta-feira para a madrugada do sábado. Há também a previsão da passagem rápida de uma frente fria

A previsão de chuva é para todo o Estado Foto: Reprodução

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde o último final de semana têm deixado vários municípios em alerta. Segundo a Defesa Civil do Estado, as últimas ocorrências foram registradas em Colatina. Na região, o temporal foi tão forte, e acompanhado de granizo, que causou estragos na cidade

Tendo em vista os valores expressivos de chuva, desde o último dia 12, provocando diversos transtornos, a Defesa Civil também recomendou um estado de atenção para esta sexta-feira (18). A previsão, de acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), é de que a chuva se intensifique na tarde desta sexta-feira para a madrugada do sábado (19), provocando acumulados significativos em trechos do Espírito Santo, acompanhada de rajadas de vento e trovoadas. Segundo o Climatempo, há também a previsão da passagem rápida de uma frente fria no sábado.

Veja a previsão completa para cada região!

Um temporal com granizo atingiu Colatina Foto: Divulgação/Facebook/Saudades Colatina

O Incaper informou também que não é descartada uma eventual queda de granizo, mas com menor chance nas cidades da Grande Vitória, litoral sul e litoral norte. O instituto disse que o tempo deve abrir rapidamente no sábado, mas o vento permanece forte no litoral, com risco de ressaca, e moderado nas áreas afastadas do mar. O mar deve seguir agitado no domingo (20) e perder agitação ao longo da segunda-feira (21).

De acordo com a Defesa Civil Estadual, os maiores acumulados nas últimas 24 horas foram em Nova Venécia (41,59 milímetros), Governador Lindenberg (39,91 milímetros) e São Domingos do Norte (20,54 milímetros). Em caso de situação de perigo iminente, a recomendação é que a população entre em contato com os órgãos de Defesa Civil, para que os mesmos tomem as medidas adequadas para minimizar os impactos causados por essas condições meteorológicas.

Granizo 

Os moradores de Colatina ficaram assustados durante a noite da última quinta-feira (17) com o forte temporal na região noroeste do Espírito Santo. Choveu granizo e os ventos chegaram a 50 km/h. De acordo com informações passadas pela Defesa Civil de Colatina, não houve registro de desalojados ou ocorrências em que pessoas estariam em risco.

A neblina tomou conta da Grande Vitória Foto: Reprodução

Nevoeiro 

E um nevoeiro tomou conta da Grande Vitória na manhã desta sexta-feira (18). A neblina foi provocada pelo excesso de umidade devido ao calor e a chuva que aconteceu nos últimos dias no Espírito Santo.

Alagamentos 

A chuva que atingiu Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, deixou 36 famílias desalojadas, segundo informações da Defesa Civil municipal. Em alguns locais, a água chegou a 2 metros de altura por conta do entupimento dos bueiros. De acordo com Defesa Civil, os bairros mais afetados foram Zumbi, Nova Brasília, Basileia, Campo Leopoldina, Otto Marins e rua Virgínia, atrás do Mercado da Pedra, no bairro Guandu, região central da cidade.