• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Risco de contaminação alimentar aumenta no verão. Saiba como evitar

  • COMPARTILHE
Geral

Risco de contaminação alimentar aumenta no verão. Saiba como evitar

As altas temperaturas desse período tendem a favorecer o crescimento e a proliferação de micro-organismos nos alimentos, principalmente as bactérias patogênicas

Os cuidados com a alimentação não podem parar, pois no verão o risco de contaminação alimentar é ainda maior Foto: Reprodução

A estação mais quente do ano se aproxima. Nesse período, muitos aproveitam para descansar e curtir. Mas os cuidados com a alimentação não podem parar, pois no verão o risco de contaminação alimentar é ainda maior.

Isso porque as altas temperaturas desse período tendem a favorecer o crescimento e a proliferação de micro-organismos nos alimentos, principalmente as bactérias patogênicas.

De acordo com a nutricionista Camila Gomes, a ingestão desses alimentos contaminados pode causar danos à saúde. "Pode haver intoxicação alimentar que provoca náuseas, vômitos, cólica, diarreia, dores de cabeça e febre.

Camila ainda explica que a alimentação leve, saudável e a hidratação são fundamentais nessa época do ano. "Frutas, verduras, legumes, peixe e frango não podem faltar, pois favorecem a digestão". Cereais integrais, queijos magros e iogurtes com baixo teor de gordura também são recomendados.

Para evitar a contaminação e a intoxicação alimentar neste época do ano, alguns cuidados também são essenciais. É importante que alimentos estejam bem acondicionados e refrigerados para evitar o crescimento das bactérias. Verduras, legumes e frutas precisam ser bem lavados antes do consumo. Isso evita a contaminação bacteriana.

Ao comer fora de casa, é fundamental que se observe as condições higiênicas do local. Também é importante que o alimento esteja na temperatura correta e se não ficou exposto a moscas e baratas.

Alimentos como ovos, molhos e maionese são de fácil contaminação e devem ser evitados. "Esses alimentos ficam frequentemente expostos em temperatura ambiente", explica a nutricionista, que também ressalta a importância de lavar bem as mãos antes de qualquer refeição.

Alguns alimentos também devem ter o consumo evitado durante o verão. "Industrializados, gordurosos e frituras tornam o processo de digestão mais lento e dão a sensação de empanturramento", conclui Camila.

Na praia

Para quem vai aproveitar os dias de sol na praia, os cuidados precisam ser ainda maiores. Frituras, como pastéis e porções, queijos, sanduíches com maionese que costumam ficar muito tempo fora da refrigeração devem ser evitados.

O ideal é levar alimentos naturais, como frutas, biscoitos integrais, sucos de frutas, águas de coco e chás gelados. Outra dica é levar sanduíches naturais, mas estes precisam ser bem conservados em bolsas térmicas.