• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Diagnosticada com câncer, jovem faz ensaio em hospital de Vitória para marcar início de tratamento

Geral

Diagnosticada com câncer, jovem faz ensaio em hospital de Vitória para marcar início de tratamento

A estudante de 16 anos foi diagnosticada com Linfoma não-Hodgkin (LNH) no início de maio e desde então está internada no Hospital Infantil de Vitória

Thamires foi diagnosticada com Linfoma não-Hodgkin (LNH) no início de maio Foto: ​Carla Caliman

A passagem da adolescência para juventude é sempre um período de muitas mudanças e desafios. Para a capixaba Thamires Mageski, de 16 anos, tudo isso chegou em dobro após a descoberta de um câncer, e ela fez questão de marcar a nova fase. O velho desejo de fazer um ensaio fotográfico aos 15 anos foi realizado um ano depois e em um cenário bem diferente do que tinha planejado: dentro de um hospital. 

Diagnosticada com Linfoma não-Hodgkin (LNH), um tipo de câncer que surge nos gânglios linfáticos, a jovem fez as fotos no Hospital Infantil de Vitória, onde está internada desde o início de maio. O ensaio já estava marcado para acontecer esse mês e com o diagnóstico precisou ser adaptado ao momento que ela está vivendo.

A estudante está no Hospital Infantil de Vitória Foto: ​Carla Caliman

A fase mais difícil foi a aceitação, mas com a ajuda de médicos e familiares, ela conseguiu superar e quer mostrar para outras pessoas que o importante é ter vontade de lutar pela vida.

"Eu fiz uma biópsia e quando saiu o resultado eu não quis aceitar, falei que não ia fazer nenhum tipo de tratamento que pudesse fazer meu cabelo cair, porque ele era a coisa mais importante. Aí depois eu fui entendendo e minha mãe me falou que o ensaio seria uma forma de ajudar outras pessoas, porque minha médica contou que muitos jovens fazem a quimioterapia e não voltam mais quando o cabelo começa a cair. Mas o cabelo cai e cresce de novo, o importante é se tratar, se cuidar", afirma. 

>> Confira a galeria de fotos completa do ensaio!

Ela e a família moram em Itarana, no interior, e há um mês estão na sala de Oncologia do hospital infantil. Estudante do primeiro ano do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), Thamires só voltará aos estudos no ano que vem. O tratamento, que começou na última segunda-feira (22) com sessões de quimioterapia, terá duração de 6 meses e o fim será celebrado com um outro ensaio. 

"Eu espero conseguir passar por tudo isso. Tirou meu tapete saber que tinha essa doença e fui tentando me conformar aos poucos, até que chegou uma hora que vi que eu teria que aceitar mesmo. A partir daí, eu comecei a aceitar e levar tudo numa boa, tentando ser mais forte possível. Tudo o que a gente precisa nessa hora é isso, ser forte", conclui. 

"Tudo que a gente precisa é ser forte", afirmou a estudante Foto: ​Carla Caliman

Responsável pelo ensaio, a fotógrafa Carla Caliman contou que recebeu o pedido de Thamires logo após o diagnóstico. "A gente já ia fazer o ensaio, ela tinha pensando em alguns locais aqui na cidade até. Aí ela passou mal, foi diagnosticada com câncer e mandou um recado pra mim dizendo que queria fazer o ensaio careca. Foi quando pensei em fazer umas antes do tratamento, como essas que fizemos e outras depois, como ela quer", explica. 

Fotografar a estudante foi inusitado para Carla, que só havia feito ensaios dentro de hospital em casos de partos. "É difícil explicar qual é o sentimento, porque a fotografia é muito forte. Eu penso que a fotografia contribui muito para a autoestima, a gente se vê de uma forma diferente e é uma questão muito importante para o futuro também. É o momento dela de transformação, de fé. Tudo isso a gente tenta buscar nas fotos, e eu tentei buscar todo esse sentimento de fé que ela tem", afirma a fotógrafa.