Monza: uma padaria sempre perto

Com 30 anos de mercado, a Monza conta atualmente com uma estrutura composta por uma central de produção e nove lojas em três municípios da Grande Vitória (Vitória, Vila Velha e Cariacica). Somente em shoppings, são três unidades, nos malls Praia da Costa, Vitória e Moxuara. A ideia é expandir ainda mais o negócio, e já está programada a abertura de mais duas lojas. Isso tudo graças à capacidade produtiva da padaria mais lembrada cinco vezes no prêmio Marcas Ícones.

“Essa lembrança representa o reconhecimento da marca, fruto do nosso trabalho e dedicação. Estamos há 30 anos no mercado, sempre trabalhando para entregar o melhor e com objetivo de melhorar a cada dia. Esse reconhecimento nos mostra que nosso trabalho está sendo bem feito e nos motiva a continuar”, comemora a gerente de operações da Monza, Flávia Nicolau.

 

O que faz as pessoas se lembrarem da Monza no segmento Padaria?

FN: Acredito que é porque a Monza é um pouco mais do que uma padaria, ela tem além do tradicional pão que as pessoas procuram. Tem uma variedade de itens, produtos de confeitaria, bom atendimento, um ambiente agradável para tomar um café, marcar um encontro, fazer uma reunião e estar sempre por perto.

 

O que a Monza faz para ser constante na memória do consumidor?

Oferece produtos de qualidade, sempre tem novidades, preço justo e bom atendimento e está localizada em diversos pontos da Grande Vitória.

 

Ao longo destes 10 anos de Marcas Ícones, muita coisa mudou. Quais foram os desafios da última década e como eles foram superados?

Os desafios que surgiram foi que, durante esse tempo, a padaria precisou se diferenciar e evoluir, por causa da concorrência. Foi preciso criar novos produtos e vender muito além do tradicional pão francês. Supermercados hoje têm padarias, surgiram muitas indústrias fornecedoras de pão, lojas especializadas em pães artesanais e de fermentação natural, cafeterias etc. Então, foi preciso centralizar a nossa produção, para manter a padronização dos produtos, o que também possibilitou uma expansão mais rápida para novas lojas e desenvolvimento de novos itens. Além disso, também expandimos para mais pontos de venda, estando assim sempre por perto.

 

O que é ser uma marca memorável para a Monza? Que atributos uma marca precisa ter para se tornar ícone?

Ser uma marca memorável é uma lembrança positiva, por estar há muito tempo no mercado, ter qualidade.

 

Comente um pouco sobre como foi o período de pandemia para a empresa, que efeitos isso teve no negócio e de que forma foi possível pensar em novas estratégias para se manter e até mesmo se fortalecer no mercado.

A pandemia foi um momento de muita incerteza e medo. As atividades essenciais puderam funcionar, porém temos lojas em shoppings que ficaram fechadas. Além disso, tínhamos uma loja pronta em um shopping para inaugurar, e foi preciso aguardar. O movimento nas lojas de rua, que estavam abertas, caiu muito, então, foi preciso diminuir a produção drasticamente. Foi preciso se reestruturar e reinventar. Com isso, tivemos que nos adaptar, tivemos que estar presentes também pelo meio eletrônico, e-commerce e delivery. O movimento nas lojas foi voltando, as lojas de shopping reabrindo e tivemos a inauguração do Shopping Moxuara durante a pandemia. A produção foi retomando, precisamos acompanhar a volta do mercado, lançar produtos, entender este novo momento e continuar trabalhando.

 

Quais são as expectativas para o segundo semestre de 2021 e 2022? O que vem pela frente?

As expectativas são muito boas. Para 2021 temos a inauguração de uma loja na Serra e já temos outra programada para 2022 e já pensando em novos projetos.

Patrocínio