• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de feminicídios no ES dobra em relação a janeiro do ano passado

Polícia

Número de feminicídios no ES dobra em relação a janeiro do ano passado

Em 2016 foram quatro homicídios de mulheres registrados, já neste ano, a Secretaria de Estado de Segurança Pública contabilizou nove assassinatos

Mais das metades das mortes deste mês tem relação com a violência doméstica Foto: Divulgação

Antes do fim de janeiro, nove assassinatos de mulheres já foram registrados no Espírito Santo, mais que o dobro se comparado ao mesmo mês do ano passado. O último caso aconteceu nesta quarta-feira (25), em Vila Velha. Em 2016 foram quatro homicídios de mulheres registrados. 

Segundo a gerente de proteção à mulher da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), Mirian Beccheri Cortez, pelo menos metade dos casos de 2017 foi de violência doméstica.

“Analisamos os casos e pelo menos quatro foram identificados como casos de relacionamentos que foram terminados e que o homem não aceitou. As outras mortes têm outras causas e o tráfico de drogas”, disse.

Cortez informou que o Estado pretende intensificar as ações que já realiza como as ações educativas e casas abrigos. “Além disso fortaleceremos o programa "homem que é homem", em que os agressores participam de encontros com psicólogos e assistentes sociais e a Patrulha Maria da Penha, que faz uma visita tranquilizadora às vítimas de violência doméstica”.

O último caso de feminicídio foi registrado na noite desta quarta-feira (25), Sabrina de Oliveira Mendes, de 35 anos, foi morta a facadas em casa pelo ex-companheiro, no bairro Boa Vista, em Vila Velha. Na noite anterior ao crime, a mãe da vítima registrou um boletim de ocorrência contra o suspeito Delvacy Meirelles Ferreira, de 45 anos, que passava em frente à casa de Sabrina desde as seis horas da manhã.