Polícia Civil instaura processo administrativo contra Hilário Frasson

Polícia

Polícia Civil instaura processo administrativo contra Hilário Frasson

Suspeito de ser um dos mandantes do assassinato de Milena Gottardi poderá ser expulso da corporação. Decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado

A Polícia Civil instaurou um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o policial civil Hilário Frasson. Ele é acusado de ser um dos mandantes do assassinato da ex-esposa dele, a médica Milena Gottardi, morta a tiros no estacionamento do Hospital das Clínicas, em Vitória, em setembro do ano passado.

>> Retrospectiva Folha Vitória: relembre o assassinato de Milena Gottardi e outros casos de feminicídio no ES

A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (05). De acordo com o documento, a medida foi tomada em virtude de indícios de supostas práticas de transgressão disciplinar.

Agora as apurações ficarão a cargo da 1ª Comissão Permanente, que já deverá iniciar os trabalhos. Hilário Frasson corre o risco de até ser expulso da Polícia Civil.

A Resolução nº 002, de 3 de janeiro de 2018, foi assinada pelo presidente do Conselho da Polícia Civil e chefe da PCES, delegado Guilherme Daré.

Atualmente Hilário está preso no Complexo Penitenciário de Viana, onde cumpre prisão preventiva. O policial e os outros cinco suspeitos de envolvimento no assassinato de Milena começarão a ser julgados no próximo dia 16.