• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Deputado autuado por estupro continua preso no quartel da PM em Vitória

Polícia

Deputado autuado por estupro continua preso no quartel da PM em Vitória

Luiz Durão foi preso após deixar um motel, na Serra, acompanhado de uma adolescente de 17 anos

Foto: Divulgação/ Ales

O deputado estadual Luiz Durão, que foi preso após deixar um motel, na Serra, acompanhado de uma adolescente de 17 anos, continua no Quartel de Comando Geral da Polícia Militar, em Vitória. O Deputado estadual de 71 anos foi autuado por estupro. De acordo com a PM, os dois teriam praticado sexo sem o consentimento da moça.

O caso ocorreu pouco depois das 11 horas de sexta-feira (04), na Serra. Durante a abordagem, o deputado informou à policia que havia parado no estabelecimento após sentir um desconforto intestinal, mas a adolescente negou a versão.

Em depoimento, a jovem afirmou que a intenção do deputado era outra. Disse que, por medo da reação dele, praticou sexo com o parlamentar contra a própria vontade. Os abusos teriam começado antes mesmo de os dois entrarem no motel. Ela conta que pegou carona com o deputado em Linhares, com destino à capital. Onde ela se encontraria com amigos.

Ao entrar no motel a vítima enviou mensagens para os amigos indicando sua localização. Os amigos então acionaram a polícia, que foi até o estabelecimento e conduziu o deputado à delegacia. 

De acordo com o gerente do motel, a recepcionista que trabalhava no momento informou que a adolescente chegou a ajudar o deputado a escolher uma das suítes.

De acordo com a Polícia Civil, o suposto crime não está relacionado à idade da moça, mas sim ao não consentimento do ato, como descrito em depoimento da jovem. O Código Penal considera estupro de vulnerável apenas os casos em que a vítima tem menos de 14 anos.

Luiz Durão permaneceu na delegacia por seis horas. Por volta das 19h30 ele foi levado, numa viatura descaracterizada, ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde passou por exames de lesão corporal.

Durão foi prefeito de Linhares por dois mandatos. Foi também deputado federal. Em 2010 foi eleito deputado estadual. Assumiu como suplente por duas vezes nesta legislatura. Durão disputou o último pleito, mas não foi eleito. 

Com informações de Fernanda Batista, da TV Vitória.