• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Suspeito é morto e outro fica ferido após tentaram escapar de abordagem policial em Cariacica

Polícia

Suspeito é morto e outro fica ferido após tentaram escapar de abordagem policial em Cariacica

A dupla passava pelo bairro Nova Rosa da Penha no momento da tentativa de abordagem

Foto: Divulgação

Um jovem morreu e outro ficou ferido após tentarem fugir de uma abordagem policial, na madrugada deste domingo (13), em Cariacica. Segundo a polícia, os militares viram dois homens suspeitos passando de moto e resolveram abordá-los, mas a dupla não obedeceu e fugiu. 

Os policiais deram início a uma perseguição pelas ruas do bairro Nova Rosa da Penha, mas eles conseguiram despistar e só foram vistos novamente em Nova Esperança. Em uma segunda tentativa de abordagem, um policial desceu da viatura para dar voz de prisão, mas o condutor da moto jogou a moto para cima dele, na tentativa de atropelá-lo. 

Em seguida, o que estava na garupa sacou uma arma e apontou para o militar, que atirou cerca de quatro vezes. Segundo a polícia,  a arma usada pelos suspeitos é falsa. O piloto da moto foi atingido na cabeça por um dos disparos feitos pelo soldado. O rapaz chegou a ser socorrido para um hospital mas já chegou no local sem vida. Ele foi identificado como Peterson Cristiano Velten Tomaz, de 21 anos. Já o comparsa dele, identificado como Daniel Nascimento Santos,  ficou ferido após cair de moto e levado para o São Lucas. 

Os policiais o algemaram, mas ele fez ameaças aos PMs e gritou para os moradores chamarem reforço de criminosos. Logo chegaram criminosos fortemente armados na esquina, que deram tiros para o alto. Não satisfeitos, um grupo de cinco criminosos desembarcou com armas e foram para cima dos militares. No entanto quando viram que havia muita polícia, eles fugiram. 

Nenhum policial se feriu na ação. A arma falsa que estava com a dupla foi apreendida assim como a moto, que não tem restrição de furto e roubo e levadas para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, onde os policiais envolvidos prestaram depoimento. 

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Nathália Munhão.