Funcionário da Prefeitura de Vila Velha é preso com drogas que seriam vendidas no carnaval

Polícia

Funcionário da Prefeitura de Vila Velha é preso com drogas que seriam vendidas no carnaval

Somente de ecstasy foram 231 comprimidos apreendidos na casa de Tiago Pinto Carvalho. Também foram encontrados micropontos de LSD, lança-perfumes, haxixe, maconha e skank

Tiago foi detido em casa, no bairro Santa Mônica Foto: TV Vitória

Um servidor da Prefeitura de Vila Velha foi detido nesta terça-feira (02), com um estoque de seis tipos de drogas diferentes para traficar durante o carnaval. Somente de ecstasy foram mais de 200 comprimidos apreendidos. De acordo com a polícia, as drogas estavam na casa de Tiago Pinto Carvalho, de 28 anos, no bairro Santa Mônica.

Ao todo foram encontrados com o suspeito 231 comprimidos de ecstasy, 20 micropontos de LSD, quatro lança-perfumes, 180 gramas de haxixe, 210 gramas de maconha, 610 gramas de skank, R$ 547 em espécie e material para embalo. A operação foi realizada por policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (Deten).

Polícia encontrou seis tipos de drogas com o suspeito Foto: TV Vitória

Segundo a polícia, o suspeito não reagiu à prisão e confessou que venderia as drogas no carnaval. O delegado adjunto da Deten, Nilton Abdala, ressaltou que o que mais chamou a atenção dos policiais foi o perfil do suspeito: jovem de classe média, que vive com a mulher e uma filha de 2 anos, e possui um cargo comissionado no setor de arrecadação da Prefeitura de Vila Velha.

Tiago preferiu não falar com a imprensa sobre o flagrante. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana, onde ficará à disposição da Justiça. De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Vila Velha, o servidor será exonerado de seu cargo.

A apreensão das drogas e a prisão do suspeito são os primeiros resultados da Operação Carnaval, deflagrada pela Deten. As ações seguirão até depois do feriadão da próxima semana.