Presidente do Sindiroviários de Guarapari é morto a tiros a caminho do trabalho

Polícia

Presidente do Sindiroviários de Guarapari é morto a tiros a caminho do trabalho

Após o assassinato, os ônibus da Grande Vitória, que estavam circulando de forma gradativa, foram recolhidos às garagens

. O crime aconteceu durante a madrugada desta quinta-feira (9), próximo à garagem da Viação Sanremo Foto: TV Vitória

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Guarapari (Sintrovig), Wallace, mais conhecido como Barão, foi morto a tiros no bairro Alvorada, em Vila Velha. O crime aconteceu durante a madrugada desta quinta-feira (9), próximo à garagem da Viação Sanremo.

A informação foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Rodoviários da Grande Vitória, Edson Bastos. De acordo com ele, os rodoviários contaram que Barão seguia para o serviço quando foi morto dentro do carro.

“Os colegas de trabalho contaram que ele estava indo até a garagem do município quando isso aconteceu. Era uma 2 horas da madrugada”, contou.

Após o assassinato, os ônibus que tinham voltado a circular na manhã desta quinta-feira (09) na Grande Vitória, retornaram às garagens. O motivo é a insegurança e, segundo Bastos, eles não vão rodar até que tenha policiamento na rua. 

O presidente afirmou ainda que os rodoviários têm sido ameaçados por homens armados, além de não terem a segurança prometida pelo Governo do Estado.

“Está tudo parado para garantir a segurança dos rodoviários. O Governo prometeu a segurança ontem, e que teria tropa do Exército às 6 horas nos terminais. Mas elas chegaram apenas às 8 horas, enquanto no meio da rua estamos sendo ameaçados por pessoas estranhas com armas, que nos mandam retornar com o carro para a garagem”.

O presidente ainda faz um apelo: “Peço até que órgão nenhum me chame para conversar e colocar ônibus na rua. Só vou fazer isso depois que tiver polícia e segurança para meus rodoviários”.