Cerca de 600 kg de fios furtados são apreendidos em Vitória

Polícia

Cerca de 600 kg de fios furtados são apreendidos em Vitória

Em uma apreensão neste ano, foram recolhidos cerca de 500kg de fios furtados, um prejuízo de aproximadamente R$ 380 mil por mês

Foto: Reprodução

O roubo de fios de cobre na rede elétrica tem sido um problema bastante recorrente na Grande Vitória e se tornaram constantes no jornalismo da TV Vitória. Só no início deste ano, foram cerca de 600 kg de fios de cobre furtados deixando um prejuízo aproximado de R$ 400 mil por mês.

Uma ocorrência deste mesmo crime foi registrada no último fim de semana, onde um casal foi preso após câmeras registrarem o furto. Essa é apenas a ponta de um grande iceberg, pois desde o início de 2021, só relacionados ao crime de furto de fios, foram presas 17 pessoas.

De acordo com o secretário de Segurança Urbana de Vitória, Ícaro Ruginski, o perfil desses criminosos é bastante específico na maioria das ocorrências. "Nós verificamos que o perfil dessas pessoas que estão subtraindo a fiação da rede elétrica são de moradores de rua e normalmente usuários de droga", apontou.

Tecnologia em prol da segurança

Para a identificação destes criminosos, a Prefeitura de Vitória tem contado com a tecnologia. Ao todo 100 câmeras integram a Central de Videomonitoramento da Prefeitura de Vitória, elas ficam posicionadas em pontos estratégicos da cidade oferecendo um panorama de tudo o que está acontecendo na capital. Seja no trânsito, no tempo ou na ocorrência de crimes como o furto de fios.

Vale lembrar que a maior apreensão do tipo aconteceu no dia 13 de janeiro. Na ocasião foram apreendidos quase 500kg de fios apreendidos em uma única vez. Quatro pessoas foram detidas e o crime gerou um prejuízo de aproximadamente R$ 380 mil todos os meses só na capital.

"O prejuízo financeiro é muito grande para o município, mas também é um prejuízo na questão do serviço público. Muitos lugares estão ficando sem a iluminação até que seja feita essa manutenção, nós temos o problema da retenção de trânsito porque os semáforos perdem a sincronia e também fomos procurado por empresas de telefonia que estão sofrendo esses ataques", disse o secretário.

Apesar de ser uma responsabilidade pública, os maiores prejudicados são os cidadãos que sofre um duplo prejuízo: com os furtos e com o custeio por parte da prefeitura para repor o cobre.

* Com informações do repórter Lucas Henrique Pisa, da TV Vitória/Record TV.