Preso mais um acusado de participar de assassinato de soldado da PM em Marataízes

Polícia

Preso mais um acusado de participar de assassinato de soldado da PM em Marataízes

Segundo a polícia, Leandro Maia Santos contou que não aguentou a pressão e, por isso, resolveu se entregar. Ele foi autuado por latrocínio, formação de quadrilha e incêndio

Leandro se apresentou nesta terça-feira na Delegacia de Itapemirim Foto: Divulgação/PC

A polícia prendeu, na tarde desta terça-feira (24), mais um acusado de participar do assassinato do policial militar Eduardo Silva Júnior, de 21 anos, em Marataízes, litoral sul do Espírito Santo. Leandro Maia Santos, de 19 anos, conhecido como "Leandro Macaco", se apresentou na Delegacia de Itapemirim.

Segundo a polícia, Leandro contou que não aguentou a pressão e, por isso, resolveu se entregar. Ele foi autuado por latrocínio, formação de quadrilha e incêndio ao carro do policial. 

Com essa prisão, já são seis pessoas detidas acusadas de integrarem a quadrilha envolvida no assassinato de Eduardo Júnior. Dois suspeitos ainda continuam foragidos: Maurício Fraga Fernandes, o "Mau-Mau", e Vinícius da Silva Sartório, o "MP" (Matador de Policial).

A Polícia Civil concluiu, na semana passada, que o soldado da Polícia Militar foi vítima de latrocínio - roubo com morte. Segundo a polícia, a intenção dos bandidos era roubar o carro do PM, mas resolveram matá-lo quando descobriram que ele era policial.

O crime

Eduardo foi sequestrado na noite do último dia 10, quando estava dentro do carro - um Corolla prata - e foi abordado por quatro homens armados em Marataízes. Os bandidos estavam em um táxi, dirigido por Benjamin Martins. 

O taxista - que também foi preso por envolvimento no crime - disse que teria sido sequestrado e obrigado a levar os assaltantes até o carro onde estava o policial. Ele contou que foi liberado e teria acionado a polícia. 

O carro em que Eduardo estava foi encontrado queimado em Vargem Alta. Já o corpo do soldado foi encontrado em um canavial na localidade de Brejo Grande do Sul, em Itapemirim.