Adolescente é morto após trocar tiros com a polícia em mata de Vitória

Polícia

Adolescente é morto após trocar tiros com a polícia em mata de Vitória

Dois grupos armados trocaram tiros na região e moradores chamaram a polícia. Um dos grupos tentou se esconder na mata. Um dos rapazes foi baleado e outro foi preso

Foto: polícia militar

Um adolescente de 17 anos morreu na tarde do último sábado (23) após trocar tiros com a Polícia Militar em uma região de mata entre o Morro do Romão e o Forte São João, em Vitória.

Fernando Cardoso dos Santos Júnior chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Ele tinha cinco marcas de tiros espalhadas pelo corpo.

De acordo com moradores, gangues do tráfico de drogas da região trocaram tiros e eles acionaram a polícia. Então, por volta de cinco e meia da tarde, uma equipe da Companhia Independente de Missões Especiais, foi até lá.

Com a chegada dos policiais, homens armados seguiram para uma trilha que dá acesso ao antigo Caminho das Pedras e Poço dos Escravos, um local já conhecido por abrigar criminosos. Haviam ao menos cinco homens se escondidos na mata. A equipe então foi atrás deles, deu voz de parada, mas não foram obedecidos. Foi quando começou a troca de tiros e um adolescente foi atingido.

Com Fernando a polícia encontrou uma pistola calibre 380, com numeração raspada. Outro rapaz, que estava com Fernando foi detido. Luca Guimaraes Medeiros, de 19 anos. Com ele a polícia encontrou 700 gramas de maconha, um rádio comunicador e um celular.

Luca já foi preso outras três vezes por tráfico, posse e uso de drogas. Duas em 2016 e outra em 2015, quando ainda era menor. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicidio e Protecao à Pessoa de Vitória e está sendo investigado