Gangues rivais planejam confronto e homem é preso em Vila Velha

Polícia

Gangues rivais planejam confronto e homem é preso em Vila Velha

Uma espingarda calibre 12 seria utilizada em um confronto na noite da última terça-feira (31), em Vila Velha, mas a polícia conseguiu apreendê-la antes de o tiroteio acontecer

A polícia encontrou um revólver, um rifle calibre 38 e uma arma de fabricação caseira Fotos: Reprodução/TV Vitória

Gangues rivais do bairro Guaranhuns, em Vila Velha, quase entraram em confronto, na noite da última terça-feira (31). Durante operação, foram apreendidas quatro armas com um jovem, de 19 anos, que já tinha várias passagens pela polícia.

Uma espingarda calibre 12 também seria utilizada em um confronto, mas a polícia conseguiu apreendê-la antes de o tiroteio acontecer. A arma foi encontrada em uma laje, onde estava o suspeito Pablo Lemos. Próximo do local, a polícia encontrou um revólver, um rifle calibre 38 e uma arma de fabricação caseira.

O local onde aconteceu a apreensão, segundo os policiais, é utilizado pelos traficantes que observam a movimentação em Guaranhuns.

"Essa laje era o ponto de observação da entrada da rua. Então ele seria a primeira contenção em caso de um ataque da outra gangue que eles têm uma briga", conta o sargento Odair, do Grupo de Apoio Operacional da Polícia Militar.

A polícia recebeu informações do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) de que traficantes planejavam um confronto entre gangues rivais de Guaranhuns. A partir daí, intensificaram o patrulhamento na região até chegar ao terraço onde estava o suspeito. O armamento encontrado, segundo a polícia, seria utilizado nos ataques.

Pablo nega que as armas sejam dele e conta uma versão diferente da apresentada pela polícia. "Eu não estava lá. Eles acharam essas armas em outra laje. Essas armas eu nem sabia da existência delas", diz.

O jovem, aos 19 anos, possui uma lista de passagens pela polícia. Quando menor de idade, foi apreendido quatro vezes. O suspeito foi levado para a delegacia de Vila Velha, onde prestou depoimento. As armas também foram levadas para a delegacia.