• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'Cabelo' é preso acusado de matar e esquartejar homem em Linhares por vingança

Polícia

'Cabelo' é preso acusado de matar e esquartejar homem em Linhares por vingança

De acordo com a polícia, Maycon Santos Quaresma disse que cometeu o crime por causa dos assédios sexuais que teria sofrido quando era criança e que teriam sido praticados pela vítima

Maycon foi preso pela polícia na cidade de Vila Valério Foto: Reprodução

Um rapaz foi preso em Vila Valério, no norte do Estado, suspeito de matar e esquartejar um homem em Linhares. De acordo com a polícia, Maycon Santos Quaresma, de 22 anos, conhecido como Cabelo, disse que cometeu o crime para se vingar de assédios sexuais sofridos quando ele era criança e que teriam sido cometidos pela vítima, Arlindo Vitor Vieira.

O rapaz disse, em depoimento, que os abusos aconteceram quando ele tinha apenas 9 anos e que, durante os anos que se passaram, ele não conseguiu superar a mágoa que tinha da vítima. Maycon disse que também queria chamar a atenção de quem comete crimes de pedofilia.

O assassinato, cometido com requintes de crueldade, aconteceu na localidade de Bananal do Sul, no interior de Linhares, em abril do ano passado. Segundo as investigações, os dois haviam combinado de caçar em uma propriedade do distrito e foi justamente nesse momento que o crime aconteceu. 

Fotos do suspeito com armas foram postadas na internet Foto: Reprodução

O corpo de Arlindo foi encontrado em um matagal com um tiro e 26 facadas. Segundo a polícia, ele foi todo mutilado pelo criminoso. Perto do local, foram encontradas uma espingarda, que teria sido usada no crime, e a moto da vítima. 

De acordo com o delegado que investiga o caso, a ajuda da população foi fundamental para a elucidação do crime, já que o homicídio aconteceu em um local com pouca movimentação. Durante as investigações, a polícia encontrou fotos de Maycon, em uma rede social, posando com armas similares às utilizadas para cometer o crime.

O acusado foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Domingos do Norte, também no norte do Estado.