Homem mata companheira e ameaça se jogar do sétimo andar

Polícia

Homem mata companheira e ameaça se jogar do sétimo andar

A vítima, Lucimara Stasiak, de 29 anos, é advogada e morava em Florianópolis. Ela estava desaparecida desde a última quinta-feira (28)

Foto: Reprodução/RICTV

Após matar a companheira, um homem se trancou em um apartamento junto com o corpo da vítima no município de Balneário Camboriú, em Santa Catarina. O rapaz, de 42 anos, ameaça se jogar do sétimo andar do prédio. A Polícia Militar acompanha o caso desde o período da manhã.

A vítima, Lucimara Stasiak, de 29 anos, é advogada e morava em Florianópolis. Ela estava desaparecida desde a última quinta-feira (28). Vizinhos chegaram a escutar barulho de brigas entre o casal e acionaram a polícia após ver o homem subir as escadas com vários sacos de gelo.

A área do prédio segue isolada pelos policiais. De acordo com os militares, Paulo de Carvalho Souza, 42 anos, usou uma faca para matar a esposa. Segundo os agentes, no momento da abordagem o suspeito disse ter uma arma de fogo e, caso o apartamento fosse invadido, entraria em confronto. Porém, a posse da arma ainda não foi comprovada. 

Os policiais informaram que o rapaz não tem passagens pela polícia, mas possui histórico de problemas psicológicos. Eles trabalham com a ideia de que o suspeito esteja em surto psicótico. Até o momento, moradores seguem podendo entrar e sair do prédio, mas estão proibidos de ficar na rua para não atrapalhar a operação.

* Com informações da RICTV/Record TV