• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cinco pessoas da mesma família são feitas reféns durante assalto em Cariacica

Polícia

Cinco pessoas da mesma família são feitas reféns durante assalto em Cariacica

Os integrantes da família foram presos dentro de um dos quartos da residência enquanto os criminosos reviravam os outros cômodos e recolhiam os pertences

Para a família, o bairro era um lugar tranquilo para morar Foto: TV Vitória

Cinco pessoas de uma mesma família foram feitas reféns durante um assalto na noite da última segunda-feira (26), dentro da casa localizada no bairro Vale Esperança, em Cariacica. 

De acordo com Jerri José Pereira, os assaltantes aproveitaram o momento em que ele estava chegando em casa, acompanhado com o filho, para realizar a abordagem. O empresário conta que foi rendido pelos criminosos armados. “Foi uma surpresa porque o bairro é muito tranquilo, é um bairro familiar, onde jamais imaginaríamos que isso poderia acontecer”, conta.

O pai de Jerri, Moacir Pereira, conta que estava no quarto quando foi surpreendido pelos assaltantes. “Eu estava assistindo televisão e até achei que fossem amigos do meu neto. Foi então que meu neto falou que era um assalto. Eu entreguei o celular e o relógio e ele me mandou sentar, depois de apontar a arma”, disse.

Ainda segundo Jerri, além do carro da família, os assaltantes foram em busca de outros objetos. “Eles levaram dois televisores, quatro celulares, nos deixaram como reféns dentro do quarto. Pegaram meu filho e o fizeram como principal refém, para que ele abrisse o portão. Meu maior medo era que meu filho fosse levado com eles”, relata.

Depois do assalto, a família, que mora no bairro há dois meses, pensa em aumentar a segurança da residência.

Resposta da PM 

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp), o caso será investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. 

A Sesp ressaltou que a Polícia Civil e a Polícia Militar trabalham em conjunto para prender os envolvidos no crime. Segundo o comandante da 5ª Companhia do 7º Batalhão da PM, capitão Risse, a Polícia Militar tem intensificado as ações de combate ao crime no município de Cariacica. A comunidade pode procurar o capitão no telefone 3326-2953. 

Outro caso

Em abril deste ano, uma família foi feita refém no bairro Rio Marinho, em Vila Velha, após três suspeitos armados entrarem na residência pela porta da cozinha.

A família foi amarrada com presilhas plásticas e pedaços de lençol e mantida no quarto da jovem de 20 anos sob ameaças e pressão psicológica. Os suspeitos levaram câmera digital, tablet, notebook, uma TV de 42 polegadas, dois videogames, DVDs, cremes hidratantes, alimentos e panelas.